Galeria da Arquitetura

Um jeito diferente de ver o mundo da arquitetura.

10 cantinhos de leitura para você se apaixonar!

Foto: 3DPhoto/shutterstock

Texto: Vitória Oliveira

A leitura tem o “superpoder” de nos conduzir a outro universo – o da imaginação. Além disso, amplia o conhecimento, aprimora o vocabulário e estimula o foco e a concentração.

Se você é um “bibliófilo” e busca inspirações para idealizar sua própria biblioteca, esse post é perfeito. Montamos uma seleção de projetos com 10 cantinhos de leitura para você se apaixonar!

Confira, ainda, dicas de como criar um espaço aconchegante para deixar o seu hobby mais prazeroso e aumentar a lista de “lidos”. Disposição do layout, mobiliário e iluminação são os principais elementos para a composição.

Boa leitura!

1. Residência Barão Vasco Lopes Arquitetura

O arquiteto reformulou todo o layout da morada. A antiga edícula, por exemplo, passou a abrigar a biblioteca. Para aumentar o diálogo do espaço com o exterior, os caixilhos também foram ampliados e subtituídos por madeira cumaru, com grandes panos de vidro.


Na Residência Barão, à frente da biblioteca fica o terraço a céu aberto, que dá para a área da piscina – a quatro degraus abaixo do lote. Foto: Maíra Acayaba

2. Residência Capobianco: Anexo da Biblioteca – Kruchin Arquitetura

O escritório de arquitetura fez o projeto da casa e, depois, do anexo, com uma biblioteca de 224 m². Apaixonados por livros, os moradores pediram um espaço para abrigar uma grande coleção. Eles acreditam que o espaço destinado a leitura estimula a criatividade e aumenta a concentração.

As bibliotecas trazem dois componentes que, quando possível, devem compor-se de forma permanente: reflexão e contemplação. Além disso, elas sugerem espaços mais internalizados e, ao mesmo tempo, se abrem para o exterior, permitindo um olhar alongado para possíveis jardins que se estendam para além de seu próprio lugar de pensamento”, explica Samuel Kruchin. 

O anexo da casa, que receba a biblioteca, acompanha a configuração da casa. Foto: Daniel Ducci

3. Apartamento Caroline – Estúdio Cipó

Convidado por um jovem casal, a equipe do estúdio modificou a planta original do imóvel para integrar e aumentar os ambientes. E mais: criou um “cantinho” moderno e aconchegante para um bom momento de leitura.

“Para o apartamento, escolhemos uma belíssima poltrona de couro, que foi posicionada com uma visão privilegiada para o living e o jantar. Ao lado, a estante de madeira com nichos foi desenhada para organizar livros e objetos decorativos”, explicam Fernanda Angelo (arquiteta) e Elisa Meirelles (designer de interiores).


Os moradores não abriram mão do conforto e da modernidade. Fotos: Julia Ribeiro

4. Casa no Jardim Paulistano – gruposp

A casa ganhou uma solução admirável, que deu “cor” ao projeto: a biblioteca, que toma toda a extensão da parede da sala de estar. “O espaço interno é quase neutro – por conta do concreto aparente e do aço – e as cores ficam por conta dos livros, dos objetos de arte e da história dos moradores”, sintetiza o arquiteto Alvaro Puntoni.


A biblioteca percorre todo o ambiente social. Foto: Nelson Kon

5. Casa Biblioteca – Atelier Branco Arquitetura

Com assinatura dos arquitetos Pep Pons + Matteo Arnone, o projeto surgiu da ideia de uma residência imersa à vegetação, com espaços para leitura e meditação, além de amplo contato com a placidez dos céus.


A residência é um lugar de devaneio e contemplação. Fotos: Jaqueline Lessa

6. Apartamento VLP – Pascali Semerdjian Arquitetos

O escritório foi responsável pelo projeto de retrofit, com uma biblioteca para o acervo de livros do morador. O elemento foi desenhado à mão livre na primeira etapa e exigiu um completo detalhamento para cada uma de suas curvas no estágio da execução. “O espaço interno da biblioteca é um ‘coração’ permeado de livros, ideal para o isolamento e a introspecção”, conta o arquiteto Sarkis Semerdjian.


O projeto da biblioteca modernizou o apartamento. Fotos: Ricardo Bassetti 

7. Casa no Morro do Querosene – gruposp

A residência exibe por meio de fachadas transparentes a colossal parede de livros. Algumas condicionantes foram importantes para atender aos pedidos dos clientes, como “estabelecer um espaço para a biblioteca, que era imprescindível, para abrigar mais de seis mil exemplares literários dos moradores – um casal de professores e um filho”, conta Alvaro Puntoni.


O projeto arquitetônico se destaca pela estante de livros, que ocupa de ponta a ponta os dois últimos andares da residência. Fotos: Nelson Kon

8. 6House – Zooco Estudio

A equipe de arquitetos renovou os ambientes da casa, que fica em Madri, na Espanha. O projeto priorizou o pé-direito duplo da sala de estar, que organiza a biblioteca e as circulações do piso superior. Esse espaço, inclusive, foi “abraçado” por uma extensa estante branca, que abriga a coleção de livros.


O local é bem provido de iluminação natural. Fotos: Imagen Subliminal

9. Apartamento MC – TRIZ arquitetura

Projetado para uma jovem psicóloga, o apartamento ganhou espaços claros – bem providos de iluminação natural – e um local especial para leituras. “Nossa cliente, além de estudar muito por conta da profissão, tem por hobby o hábito da leitura. Ela pediu que explorássemos as prateleiras para guardar sua grande biblioteca particular. Assim, idealizamos um cantinho especial, onde misturamos arte, livros e plantinhas”, contam as arquitetas Andrea Junqueira e Taís Vieira.

O escritório de arquitetura enalteceu o uso de uma poltrona confortável para tornar o hábito da moradora ainda melhor.


Na foto, o cantinho especial de leitura da moradora. Foto: Anderson Freitas

10. Casa Onda – Mareines Arquitetura + Patalano Arquitetura

Nessa casa, especialmente no estar privativo (de frente para o mar), os arquitetos exploraram as formas, criando estruturas elípticas com prateleiras para organizar centenas de livros.


Os escritórios enalteceram o uso da madeira no espaço de leitura da Casa Onda. Foto: Leonardo Finotti


BÔNUS

7 dicas para criar sua própria biblioteca:

1.     Escolha um espaço sem ruídos;

2.       Aposte em um local bem provido de iluminação natural (ou invista em abajures e luminárias);

3.        Em lugares onde a iluminação do sol é intensa, vale lembrar que o ideal é instalar filtros de luminosidade para preservar os livros;

4.       Para o mobiliário, use estantes ou prateleiras bem firmes na parede;

5.       Organize seus livros por ordem alfabética, gêneros e áreas de conhecimento;

6.       Invista em poltronas confortáveis e mesinhas de apoio;

Decore o espaço com quadros, plantas e objetos coloridos. Explore sua criatividade e deixe o cantinho da leitura com a sua cara!

Loading

Receba gratuitamente os Boletins e
Informativos da Galeria da Arquitetura.

(55 11) 3879-7777

Fale conosco Anuncie
novidades fechar
Receba o boletim da
Galeria da Arquitetura
veja um exemplo