Galeria da Arquitetura

Um jeito diferente de ver o mundo da arquitetura.

A casa de vidro


A S-House, como é chamada pelos autores do projeto, o escritório Yuusuke Karasawa Architects, possui um nível de complexidade inédito. A estrutura da casa foi feita com uma sucessão de andares, de forma que as superfícies diagonais acabam umas nas outras, produzindo um fluxo entre os espaços. A casa está localizada em Saitama, no Japão.


Os arquitetos projetaram a morada para ser algo que represente a ordem e a diversidade simultânea presentes em nossas vidas cibernéticas, criando uma relação dinâmica entre andares e “meio-andares” ligados através de um caminho de labirinto de escadas.

 

Compensados em placas do piso trazem consigo outra camada de complexidade para o projeto e oferecem funções adicionais, como a criação de diversos espaços onde caberá a criatividade de quem mobiliar a obra.


Cada andar acima do solo é revestido em placas de vidro, o que reforça ainda mais o conceito estrutural da construção, além de permitir a entrada de mais luminosidade. Os dois andares da casa foram construídos com materiais como: tapete de cânhamo, placas de gesso, telhas cerâmicas e chapas de aço, em um espaço total de 103,76 m². Plataformas de 50 m² foram projetadas em direções opostas, mas se entrelaçam no centro da residência através da intersecção vertical de planos diagonais e escadas.


O projeto em si é minimalista, não há cores, apenas a sensibilidade do neutro do branco, que combina perfeitamente com o uso dos vidros por todos os lados da estrutura arquitetônica. A contemporaneidade foi aproveitada por dentro e por fora.








Crédito/fonte da foto: Koichi Torimura
Fonte do post: Bimbon e DesignBoom

Loading
novidades fechar
Receba o boletim da
Galeria da Arquitetura
veja um exemplo