Galeria da Arquitetura

Um jeito diferente de ver o mundo da arquitetura.

A natureza verticalizada das paredes verdes

Redação Galeria da Arquitetura

Com as cidades cada vez mais verticalizadas, os jardins verticais ou paredes verdes ganharam evidência. A adoção desse método propicia diversos benefícios à ordem ambiental, como a melhoria do ar por meio da captação de poluentes em ambientes externos, e a refrigeração natural e isolamento acústico em locais internos. Além disso, são mais econômicos do que os jardins convencionais, não necessitam de grandes áreas e trazem o elemento estético como grande trunfo. Quando a vegetação é harmoniosa e as plantas são escolhidas de acordo com o local de instalação, o resultado é bastante satisfatório. 

Crédito: Leonardo Finotti

A mais comum é a árvore trepadeira que, quando plantada no solo, estende-se pela superfície de apoio. Mas além dela, existe uma gama de vegetações que podem ser escolhidas e mescladas. Aquelas que necessitam menos claridade, como minibromélia, peixinho, repsális, véu-de-noiva e brinco-de-princesa, são ideais para ambientes internos. Já as plantas como samambaias, renda-portuguesa, avenca, chifre-de-veado, lambari-roxo e columeia precisam ser instaladas em ambientes com alta incidência de luz.

Veja também: Tecnologias modulares viabilizam a execução de jardins verticais

A seguir, selecionamos 10 projetos com parede verde que mostram como esse tipo de instalação pode ser versátil. Confira:  

Ambientes residenciais

Casa Cidade Jardim 

Crédito: Mariana Orsi

Tradicional, o jardim vertical da Casa Cidade Jardim fica na área externa. O diferencial é a mescla de plantas de diferentes cores.

Residência MO

Crédito: Evelyn Müller

A partir de uma praça pública abandonada, nasce o jardim da Residência MO. Além de muro verde, a casa conta com um elaborado projeto paisagístico que preenche espaços vagos com diversos tipos de plantas.

Apartamento Piaui

Crédito: Demian Golovaty

O jardim do Apartamento Piaui é discreto e reserva-se apenas à área que faz a conexão do ambiente interno para o externo. Opção para locais com características físicas reduzidas.

AN House


Crédito: Denilson Machado _MCA Studio

O arquiteto Guilherme Torres, responsável pela implantação deste jardim vertical, diz que ele é uma solução híbrida. “A ideia é que as pessoas enxerguem o jardim brotando da parede de pedra”. Depois dos moradores da AN House solicitarem um extenso espaço para convivência social, faltou espaço para o jardim. A solução foi construí-lo nos muros revestidos de pedra moledo com mudas de samambaias nativas. 

Studio Garopaba

Crédito: Daniela Lobo

O Studio Garopaba foi um dos ambientes da Casa Cor Santa Catarina de 2014. Teve como inspiração o life style do cantor Armandinho, por isso a forte presença de elementos naturais e praiano. Para reforçar o conceito, a parede principal é inteira composta por samambaias.

Ambientes corporativos

Edifício Odebrecht São Paulo


Crédito: Daniel Ducci

Localizado em uma área empresarial, a fachada do partido horizontal do Edifício Odebrecht chama atenção por sua extensa vegetação. O arquiteto responsável pelo projeto Aflalo Herman explica que o sistema é revolucionário. “É uma parede com plantas fixadas na horizontal, sem-terra. Há apenas um saco com substrato e, por dentro dessa parede, passa uma tubulação que alimenta individualmente cada célula não somente com água, mas com os nutrientes necessários ao desenvolvimento da planta. Por isso, a presença da terra é dispensável”.

Edifício Harmonia

Crédito: Beto Consorte

O muro verde do Edifício Harmonia não é visto com frequência. Ele carrega grandes características orgânicas – como o concreto – e a vegetação, onde 5 mil mudas foram colocadas em poros feitos nas paredes externas, como se o local estivesse respirando.

Saiba mais: Muros verdes melhoram a qualidade do ar e oferecem conforto térmico a edifícios

GRU Executive Lounge

Crédito: Marco Antônio

Com fortes características modernas como o piso queimado e os móveis retos, o Lounge do aeroporto internacional de Guarulhos inova na questão do aconchego. A parede ajardinada emoldurada com madeira traz um toque humanizado para o local.

Aigai Spa

Crédito: Leonardo Finotti

O Aigai, cujo objetivo é ser um oásis urbano e natural, impressiona já pela fachada. Em proveito do muro de 5 metros de altura, projetou-se uma farta vegetação que também vai para o interior do local.

Academia Runner