Galeria da Arquitetura

Um jeito diferente de ver o mundo da arquitetura.

Antes uma prisão; hoje um paraíso

Não há como negar que um presídio está muito distante de se tornar um lugar paradisíaco. Fugindo à regra, Murru, uma antiga prisão soviética, que foi completamente inundada pela água da chuva, hoje impressiona os turistas com a água cristalina.


Localizada na cidade de Rummu, ao noroeste da Estônia, Murru foi fundada em janeiro de 1938. O local abrigava um campo de trabalho e uma enorme pedreira que, a partir da mão-de-obra dos condenados, foi utilizada para extrair calcário. Porém, em 1991, quando a União Soviética entrou em colapso e a Estônia conquistou sua independência, a pedreira foi extinta.


A partir daí, com o passar do tempo, o nível de água da chuva foi capaz de formar um lago, dando origem a uma pequena praia, aberta para mergulho, que atualmente é considerada um dos principais pontos turísticos do país.


O lago tem águas cristalinas de até 40 metros de profundidade, onde as ruínas da cadeia parcialmente cobertas se transformaram em uma espécie de trampolim para os banhistas.




Neste vídeo, conheça melhor a prisão submersa, também conhecida como Lagoa Azul:

Vale a pena conferir:


Crédito/fonte da foto: Nômades digitais
Fonte do post: Nômades digitais e Eco Viagem 

Loading
novidades fechar
Receba o boletim da
Galeria da Arquitetura
veja um exemplo