Galeria da Arquitetura

Um jeito diferente de ver o mundo da arquitetura.

Arquitetos eternizados em ruas e praças: veja quem foi homenageado

Crédito: Phelipe Vieira

Redação Galeria da Arquitetura

Arquitetos são mortais, mas seus projetos, de certa forma, os eternizam na história. Alguns desses profissionais ainda são lembrados por darem nome a determinadas ruas e praças das cidades. A seguir, confira uma lista de endereços no estado de São Paulo. Será que você já passou por algum deles?

RUA ARQUITETO JAIME FONSECA RODRIGUES


Crédito: Phelipe Vieira

Jayme Fonseca Rodrigues (1905-1946) foi arquiteto, designer e decorador. Atuou nas décadas de 30 e 40 do século passado. Naquela época, seu escritório era um dos maiores de São Paulo. Devido à sua influência, foi escolhido como o primeiro vice-presidente do IAB/SP (Instituto de Arquitetos do Brasil). A rua que leva o nome do profissional fica no bairro Alto de Pinheiros, próxima à praça Panamericana, Zona Oeste de São Paulo. O arquiteto projetou casas e prédios, além de ter desenvolvido propostas de urbanização e paisagismo. Seu último projeto, terminado postumamente, foi o edifício Sobre as Ondas, localizado na cidade do Guarujá, reconhecido como patrimônio cultural do estado.

AVENIDA ARQUITETO VILANOVA ARTIGAS

João Batista Vilanova Artigas (1915-1985) nasceu em Curitiba, mas é considerado um dos mais importantes nomes da arquitetura paulista devido ao seu conjunto de obras realizado na cidade. A avenida que leva seu nome está localizada no bairro Sapopemba, na Zona Sudeste de São Paulo. Se formou pela Escola Politécnica da Universidade de São Paulo (POLI-USP) e suas obras mais conhecidas são o estádio Cícero Pompeu de Toledo, o Morumbi (1952), e o Edifício-sede da FAU-USP (1969).

AVENIDA ARQUITETO ROBERTO AFLALO

Roberto Aflaflo (1926-1992) foi um dos fundadores do escritório de arquitetura mais antigo ainda em atividade no Brasil, o Aflalo & Gasperini, que completa 55 anos em 2017. A Avenida Arquiteto Roberto Aflalo fica no bairro Cachoeirinha, Zona Norte de São Paulo. Formado pela Faculdade de Arquitetura e Urbanismo da Universidade Presbiteriana Mackenzie, tem em sua carreira projetos de destaque, como o Tribunal de Contas do Município de São Paulo e o Edifício-sede da IBM.

PRAÇA ARQUITETO PLÍNIO CROCE

Crédito: Phelipe Vieira

Junto com Roberto Aflalo e Gian Carlo Gasperini, Plínio Croce (1921-1984) foi um dos responsáveis pela criação do escritório Aflalo & Gasperini – inicialmente Croce Aflalo & Gasperini. O bairro Butantã, em São Paulo, abriga a praça que leva o nome do renomado arquiteto. A segunda metade do século XX foi seu período de maior destaque, onde projetou obras como a sede da IBM (1970), o colégio Porto Seguro (1963) e a sede do Tribunal de Contas em São Paulo (1970). Formou-se no Mackenzie em 1946.

RUA ARQUITETO HEITOR DE MELLO

Heitor de Melo (1875-1920) foi um grande arquiteto no início do século XX. Suas principais obras estão na cidade do Rio de Janeiro, o que não impediu que o bairro Vila Matilde, na zona leste de São Paulo, fizesse uma homenagem. Ele se formou pela Escola Nacional de Belas Artes, no Rio de Janeiro, e recebeu diversas premiações – entre elas, o Grande Prêmio de Arquitetura da Exposição Internacional de 1908.

RUA GENERAL JARDIM

Crédito: Phelipe Vieira

General Jardim não foi arquiteto, mas a rua tem um grande significado para os profissionais da área. Localizada na Vila Buarque, no centro de São Paulo, próxima ao Mackenzie, a via é conhecida como a “rua dos arquitetos” devido ao acúmulo de escritórios de arquitetura. São cerca de 50!

Leia mais: Recanto de Arquiteto

Loading
novidades fechar
Receba o boletim da
Galeria da Arquitetura
veja um exemplo