Galeria da Arquitetura

Um jeito diferente de ver o mundo da arquitetura.

Assentamento de piso sobre piso: o que é preciso saber?

Redação Galeria da Arquitetura

Toda reforma traz quebra de piso, geração de sujeira e gastos com remoção que causam muita dor de cabeça e noites sem dormir. Para evitar esses percalços de maneira simples, o assentamento de piso sobre piso é uma solução que, se comparada à remoção do piso de maneira tradicional, é econômica e prática.

Crédito: Shutterstock

Para iniciar esse tipo de instalação, o primeiro passo é a contratação de uma mão de obra especializada. O profissional irá orientar sobre os pisos que podem ser sobrepostos e como ficará o nível do solo em relação ao resto do ambiente. Isso porque, quando é posto um piso acima do antigo, a camada térrea sobe um degrau e algumas vezes necessita que o rodapé do ambiente seja refeito, bem como nível de portas e janelas.

O passo seguinte é a certificação de que todos os pisos antigos estão realmente assentados no chão. Se algum estiver descolado, pode prejudicar a estabilidade do próximo. É imprescindível o uso de uma argamassa mais colante para a fixação dos pisos.

Separamos alguns dos materiais mais indicados para a reforma do piso sobre piso:

Porcelanato: indicado para sobrepor pisos cerâmicos e pedras. Por ser um revestimento versátil, pode ser aplicado em áreas internas e externas.
Cerâmica: pode ser aplicada sobre cerâmica e/ou porcelanato. Possui versão esmaltada que tem alta resistência à umidade, por isso, pode ser instalada em banheiros, cozinhas e áreas de serviço.

Vinílico: pode ser aplicado sobre qualquer revestimento. O piso anterior deve estar em boas condições para garantir um resultado duradouro.

Laminado: é indicado para a maioria dos pisos como concreto, vinílico, chapa metálica, cerâmica, granilite etc. Não é viável que seja sobreposto algum piso sobre ele, uma vez que a madeira tem baixa resistência à umidade e não pode receber argamassa.

Pintura epóxi: reveste superfícies como taco, cerâmica, piso de alvenaria e madeira. Possui alta resistência à umidade, por isso é indicado para banheiros, lavabos, áreas de serviço e cozinhas.

Loading
novidades fechar
Receba o boletim da
Galeria da Arquitetura
veja um exemplo