Galeria da Arquitetura

Um jeito diferente de ver o mundo da arquitetura.

Bjarke Ingels finaliza pavilhão da galeria Serpentine de Londres; veja fotos

                                                                Crédito: pavilhão Serpentine 2016 desenhado por Bjarke Ingels Group (BIG); foto © Iwan Baan

Redação Galeria da Arquitetura

A construção do celebrado pavilhão para a galeria Serpentine, que em 2016 tem projeto do arquiteto Bjarke Ingels, líder do escritório dinamarquês BIG, acaba de ser concluída nos jardins do Kensington Gardens, em Londres.

Anualmente, a agência de arte inglesa convida um escritório de arquitetura com renome mundial para projetar o edifício temporário que é, então, construído na área livre dentro do Hyde’s Park, e abriga uma série de eventos, durante o verão londrino, voltados à celebração da arquitetura e de movimentos artísticos. Neste ano, o espaço estará aberto para visitação entre os dias 10 de junho e 9 de outubro.

                                                                Crédito: pavilhão Serpentine 2016 desenhado por Bjarke Ingels Group (BIG); foto © Iwan Baan

Bjarke Ingels (foto acima) é o 16º convidado pela galeria Serpentine a projetar seu pavilhão. O primeiro arquiteto a realizar a obra foi a iraquiana Zaha Hadid, no ano de 2000, seguida por nomes como Oscar Niemeyer, Jean Nouvel, Toyo Ito e Herzog & de Meuron, entre outros. Em 2015, o desenho ficou a cargo dos espanhóis do SelgasCano.

                                                                Crédito: pavilhão Serpentine 2016 desenhado por Bjarke Ingels Group (BIG); foto © Iwan Baan

As fotos revelam que a obra tem como principal atração um volume formado por paredes curvas feitas com blocos de fibra de vidro.

O conjunto, erguido em frente ao edifício-sede da Serpentine, acompanha outros quatro pavilhões de menor dimensão, desenhados nesse ano pelos arquitetos Asif Khan, Barkow Leibinger, Kunlé Adeyemi e Yona Friednman.

                                                                Crédito: pavilhão Serpentine 2016 desenhado por Bjarke Ingels Group (BIG); foto © Iwan Baan

Desde seu lançamento, há 16 anos, o pavilhão anual da Serpentine teve curadoria da diretora-geral, Julia Peyton Jones, e de seu diretor artístico, Hans-Ulrich Obrist.

Julia, no entanto, anunciou que deixará a galeria, por isso, nas próximas edições do pavilhão de verão, a escolha do arquiteto e demais iniciativas ligadas à construção do edifício anual ficarão sob responsabilidade da nova líder da galeria, a inglesa Yana Peel.

Loading
novidades fechar
Receba o boletim da
Galeria da Arquitetura
veja um exemplo