Galeria da Arquitetura

Um jeito diferente de ver o mundo da arquitetura.

BNDES financia R$ 1,3 bilhão para obras de parques eólicos na Paraíba

Os 12 parques eólicos serão capazes de produzir 370,8 MW de energia (foto: Golden House Studio/shutterstock)

Texto: Lucas Barbosa

07/01/2019 | 16:45 – O Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) financiará a implantação de 12 parques eólicos nos municípios de Santa Luzia, São José do Sabugi, São Mamede e Areia de Baraúnas, que pertencem ao Estado da Paraíba. O projeto completo conta com 15 parques eólicos.

A instituição desembolsará R$ 1,3 bilhão para a construção, o que corresponde a 80% do investimento total (R$ 1,6 bilhão). As obras foram iniciadas no 4º trimestre de 2019 e o prazo de conclusão é estimado para 2022.

Assim que concluídos, os 12 parques terão a capacidade de gerar 370,8 MW, o que seria suficiente para fornecer energia para cerca de 840 mil domicílios.

Cada um dos 12 parques constitui uma Sociedade de Propósito Específico ("SPE") que é controlada pela Força Eólica do Brasil S.A. A última, por sua vez, é gerida pela Neoenergia, empresa pertencente ao grupo espanhol Iberdrola.

Além da energia

Além de contribuir para a diversificação dos meios produtivos de energia elétrica no país, a ação do BNDES aposta em uma fonte de recursos limpa e renovável. Outro destaque é que, durante a concepção dos 12 parques eólicos, serão gerados mil empregos diretos e 300 indiretos.

Loading
novidades fechar
Receba o boletim da
Galeria da Arquitetura
veja um exemplo