Galeria da Arquitetura

Um jeito diferente de ver o mundo da arquitetura.

Casa feita em impressora 3D poderá ser habitada já em 2019

As residências atenderão às necessidades de conforto, layout, qualidade construtiva e valor dos futuros residentes (foto: Houben/Van Mierlo architecten)

Texto: Lucas Barbosa

12/06/2018 | 16:10 – Uma das cinco casas que serão construídas em Eindhoven, na Holanda, em impressoras 3D poderá ser habitada já em 2019. Ela pertence ao Project Milestone, o primeiro no mundo a usar essa tecnologia para “construir” residências habitáveis.

As obras serão realizadas na área de expansão da cidade holandesa, conhecida como Meerhoven, durante os próximos cinco anos. A primeira casa será térrea, as outras quatro terão mais de um andar.

Todas as moradias estão sendo desenvolvidas de acordo com padrões tradicionais de construção e pensadas para suprir as expectativas dos futuros residentes relacionadas a conforto, layout, qualidade construtiva e custo.

Design

Inseridas em uma paisagem verde, as residências foram planejadas como blocos erráticos – com pedras de grandes dimensões – e com design irregular, facilitado pela impressora 3D, que é capaz de conceber peças em qualquer formato. 

Além disso, a iniciativa pretende entregar moradias com alto nível de qualidade e totalmente sustentáveis. Por exemplo, elas serão entregues sem tubulação de gás natural, o que é incomum na Holanda.

Parceiros

O projeto está sendo desenvolvido em parceria com a Prefeitura da cidade de Eindhoven, a Universidade de Tecnologia de Eindhoven, a construtora Van Wijnen, a investidora Vesteda, a empresa de soluções para construção Weber Beamix e a empresa de consultoria e engenharia Witteveen+Bos.

Loading
novidades fechar
Receba o boletim da
Galeria da Arquitetura
veja um exemplo