Galeria da Arquitetura

Um jeito diferente de ver o mundo da arquitetura.

Confira a lista das mais belas e imponentes mesquitas do mundo

Foto: Nadezda Murmakova/shutterstock

Redação Galeria da Arquitetura

As mesquitas são os centros religiosos dos seguidores do islamismo. Localizadas em sua maioria na região Ásia-Pacífico, devido à grande concentração de muçulmanos, elas têm um formato muito peculiar, com cúpula, minarete (torres altas e finas) e salão de orações. Veja agora uma lista com as mais belas e importantes mesquitas do mundo.

1- Sultan Ahmed, Mesquita Azul - Turquia

A mesquita Sultan Ahmed foi construída entre os anos de 1609 e 1616 a pedido do sultão Ahmed I. Localizada em Istambul, na Turquia, ela se destaca pelos azulejos azuis que cobrem as paredes internas – e que explicam o outro nome pela qual é conhecida: a Mesquita Azul.

Foto: OPIS Zagreb/shutterstock

Foto: Yarygin/shutterstock 

2- Hassan II - Marrocos

Projetada pelo arquiteto francês Michel Pinseau, a mesquita Hassan II é um dos símbolos de Casablanca, no Marrocos. Construída entre os anos de 1985 a 1993, ela é feita com mármore, granito, madeira e outros materiais. Tem capacidade para mais de 100 mil pessoas, sendo uma das maiores do mundo.

Foto: Peter Salaj/shutterstock 

Foto: Kicimici/shutterstock

3- Al-Haram - Arábia Saudita

Considerada a mesquita mais sagrada do islamismo, a Al-Haram é também o maior centro de peregrinação do mundo. Situada em Meca, na Arábia Saudita, ela tem 86,8 mil m² e pode comportar mais de 2 milhões de pessoas. Seu símbolo é a Caaba, uma construção cúbica de 15,24 metros de altura que guarda a pedra negra, uma das relíquias mais importantes do islã.

Foto: ESB Professional/shutterstock

Foto: mirzavisoko/shutterstock

4- Sheikh Zayed - Emirados Árabes Unidos

De construção relativamente nova – as obras foram de 1996 a 2007 –, a mesquita Sheikh Zayed é a principal de Abu Dhabi, nos Emirados Árabes Unidos. Leva o nome do ex-governante da cidade, Zayed bin Sultan al Nahyan. Luxuosa, a mesquita é feita com mármore branco e possui lustres de ouro e cristais swarovski. Tem uma área de 22.412 m² e capacidade para 40 mil pessoas.

Foto: Boule/shutterstock

Foto: Jishant Manto/shutterstock

5- Sheikh Lotfollah - Irã

A mesquita Sheikh Lotfollah, localizada em Isfahan, no Irã, se difere das construções tradicionais principalmente por não possuir minaretes ou pátios. A obra levou 16 anos para ser concluída – de 1603 a 1619.

Foto: Alexander Mazurkevich/shutterstock

Foto: Jakob Fischer/shutterstock 

6- Kul Sharif - Rússia

Uma das maiores mesquitas da Europa, a Kul Sharif foi construída em Cazã, na Rússia. Seu interior é feito com mármore branco e rochas. Com projeto dos arquitetos Iskander Sayfullin, Ayvar Sattarov, Mikhail Safronov e Shamil Latypov, a obra foi dividida em três partes: mesquita, pedra memorial e edifício administrativo. Após nove anos de construção, foi concluída em 2005.

Foto: den781/shutterstock


Foto: Khrapal Denis /shutterstock 

7- Al-Nabawi - Arábia Saudita

Originalmente construída em 622 com apenas 30 metros x 35 metros, a Al-Nabawi – também conhecida como Mesquita do Profeta – passou por várias ampliações com o passar dos anos. Hoje, o local é considerado o segundo mais sagrado para os muçulmanos, atrás apenas da mesquita Al-Haram. Ela abriga a sepultura do profeta Maomé.

Foto: AHMAD FAIZAL YAHYA/shutterstock 

Foto: Mawardi Bahar/shutterstock

8- Imam Ali - Brasil

No Brasil, o número de seguidores do islamismo mais que dobrou nos últimos 10 anos. E ligado a isso, há o aumento de mesquitas e salas de orações no País. Uma das mais importantes é a mesquita Imam Ali, em Curitiba. Com projeto de Kamal David Curi, a obra levou dois anos para ficar pronta, sendo inaugurada em 1972. Ela tem uma cúpula no centro e é cercada por dois minaretes.

Foto: Larissa Pereira/shutterstock

Leia mais: Arábia Saudita tem projetos que combinam tradição e modernidade

Loading
novidades fechar
Receba o boletim da
Galeria da Arquitetura
veja um exemplo