Galeria da Arquitetura

Um jeito diferente de ver o mundo da arquitetura.

Escultura urbana interativa de Guto Requena homenageia LGBT+ em SP

A escultura, localizada na Praça Dom José Gaspar, ficará em exposição durante um ano (crédito: GTM Cenografia) 

Texto: Pedro Miranda

21/09/2018|17:00 – O designer e arquiteto Guto Requena inaugurou hoje em São Paulo a escultura “Meu coração bate como o seu”, uma mistura de arte pública e Mobiliário Urbano Interativo que celebra 40 anos de ativismo LGBT+ na cidade. A obra está instalada na Praça Dom José Gaspar, no bairro da República, centro de São Paulo, e ficará exposta durante um ano.

O trabalho foi executado com cilindros de aço carbono industrial usados em obras de infraestrutura urbana, sendo o maior deles colorido com as cores do arco-íris, símbolo da comunidade LGBT+. A parte interior reproduz depoimentos enviados por ativistas via WhatsApp e, ao anoitecer, emite luzes que oscilam no ritmo de batimentos cardíacos. O público também pode contribuir com a composição da obra. Para isso, basta enviar um áudio de até 3 minutos de duração para o número: +55 (11) 99377-0058.

O arquiteto destaca a importância do tema. “Esse memorial é uma homenagem a esse ativismo. Aliás, é mais que isso: é muito especial para mim, pois trago nele meus 10 anos de pesquisa sobre mobiliário urbano interativo, arte pública e tecnologia para falar dessa causa, para ser um porta-bandeira desse tema tão importante”. 

Guto Requena, que criou a escultura a convite do canal de televisão National Geographic, participará de um dos episódios da série de documentários Hack The City, que conta a trajetória de pessoas que utilizaram design e tecnologia para encontrar soluções para problemas da cidade de São Paulo.

Projeto da escultura (crédito: Guto Requena)
Loading
novidades fechar
Receba o boletim da
Galeria da Arquitetura
veja um exemplo