Galeria da Arquitetura

Um jeito diferente de ver o mundo da arquitetura.

Exposição mostra como poderia ser Brasília caso fosse desenhada por outros arquitetos

Outra Brasília Nunca Mais – Uma Exposição em Realidade Aumentada

A mostra está em cartaz até o próximo dia 16 de dezembro (Foto: Fabio Rodrigues-Pozzebom/Agência Brasil)

Texto: Vinícius Veloso

25/11/2021 | 17:30 — O Centro Cultural Três Poderes, localizado na capital federal, recebe até o próximo dia 16 de dezembro a mostra “Outra Brasília Nunca Mais – Uma Exposição em Realidade Aumentada”. A exposição apresenta detalhes dos sete projetos que chegaram até a final do concurso organizado pela Novacap — entre 1956 e 1957 — para escolha do Plano Piloto utilizado na construção da cidade. Explorar esses trabalhos permitirá ao público idealizar como seria a metrópole caso a proposta de Lúcio Costa não tivesse sido a escolhida. No evento estarão expostas réplicas de projetos recriados em 3D. Os visitantes também terão à disposição áudios explicativos, desenhos e textos em braile, além de recursos com audiodescrição.

De acordo com os organizadores, o edital publicado pela Novacap na época era “pouco exigente quanto à justificativa técnica das propostas, solicitando apenas um traçado básico da cidade com a localização das principais instalações e um memorial descritivo”. Com isso, os 26 trabalhos participantes aplicaram, em algum momento, os pensamentos do arquiteto Le Corbusier que defendia a “prioridade das questões socioeconômicas no projeto das cidades”. A banca de jurados selecionou sete finalistas entre as propostas iniciais e Lúcio Costa acabou ganhando o certame com o seu projeto que propôs a capital do país em formato de avião.

Para o arquiteto e urbanista Pedro Daldegan, curador da exposição, a escolha foi acertada. “Acabou sendo uma maneira de contemplar os grandes nomes da arquitetura moderna brasileira”, destacou. O trabalho de Lúcio Costa foi quase uma unanimidade entre o júri nacional e internacional, além de ter sido classificado como Patrimônio Cultural e Natural da Humanidade pela Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (Unesco), em 1987. "Foi reconhecido pelas relações entre as quatro escalas urbanas: monumental, residencial, bucólica e gregária, além da arquitetura inovadora”, completa.

Loading

Receba gratuitamente os Boletins e
Informativos da Galeria da Arquitetura.

(55 11) 3879-7777

Fale conosco Anuncie
novidades fechar
Receba o boletim da
Galeria da Arquitetura
veja um exemplo