Galeria da Arquitetura

Um jeito diferente de ver o mundo da arquitetura.

Filmes que todo arquiteto deveria assistir


Prepare a pipoca e sua bebida, porque nós separamos uma lista com alguns filmes para você assistir neste final de semana. Para quem passa as noites em claro trabalhando, pode usar o tempo livre para o entretenimento, para o lazer e também para se inspirar e aprender um pouco mais.

Na seleção abaixo você vai encontrar uma série de filmes que de alguma forma a arquitetura deixou sua marca registrada.

1 - Metrópolis (1927) – No ano de 2026, a população mundial é dividida em duas classes: a elite, que habita a superfície; e a classe operária, que vive nos subterrâneos e é controlada por máquinas. Nesse cenário, a paixão do filho do criador de Metrópolis por uma bela líder operária acaba levando a uma grande revolta dos trabalhadores. 



2 - Tempo de Recomeçar (2002) – O filme retrata a comovente e por vezes engraçada jornada de um homem que decide pôr sua casa abaixo e que acaba reconstruindo o mundo a sua volta. A partir do dia em que pega sua marreta, George Monroe (Kevin Kline) embarca em numa aventura que irá subverter as expectativas e construir os alicerces para os diferentes sonhos de seus familiares e vizinhos.



3 - A Casa do Lago (2006) – Kate Forster é uma médica solitária que morava em uma casa à beira de um lago. Ela passa a trocar cartas de amor com o novo morador da residência, o arquiteto frustrado Alex. No entanto, percebe que existe um espaço de tempo que atrapalha o “relacionamento” entre os dois. Percebendo a aura de mistério em torno da troca de cartas, eles tentam driblar esse contratempo para que, finalmente, se encontrem.

 


4 - Esboços de Frank Gehry (2005) – Aqui, um artista do cinema é convidado para falar de um outro que é destaque da arquitetura. O cineasta Sydney Pollack foi convidado pelo arquiteto Frank Gehry para realizar um documentário sobre sua vida e obra. Assim, as câmeras acompanham toda a trajetória do criador de prédios famosos, como o museu Guggenheim e o de Bilbao. Uma visão sensível sobre como as obras podem agir em harmonia com a paisagem urbana e com os sentimentos de seus criadores.



5 - Niemeyer – A Vida é um Sopro (2007) – Filme conta a história de uma das maiores personalidades brasileiras do século 20, o arquiteto Oscar Niemeyer. Por meio de depoimentos e entrevistas de gente importante, tanto ligadas à arte quanto à política nacional, o filme reconstruiu a carreira e a vida do maior ícone da arquitetura moderna brasileira, que se tornou respeitado em vários países do mundo e admirado por grandes criadores. Assim, podemos ver como ele revolucionou a arquitetura, introduzindo a linha curva e as novas possibilidades de aplicação do concreto armado. O próprio artista contribui com depoimentos onde fala sobre questões metafísicas e políticas. 



6 - Meia noite em Paris (2011) – Gil sempre idolatrou os grandes escritores americanos e quis ser como eles. A vida lhe levou a trabalhar como roteirista em Hollywood, o que se por um lado o tornou muito bem remunerado, por outro lhe rendeu uma boa dose de frustração. Agora ele está prestes a ir a Paris ao lado de sua noiva, Inez, e dos pais dela, John e Helen. Estar em Paris leva Gil a se questionar sobre os rumos de sua vida, desencadeando o velho sonho de se tornar um escritor reconhecido.



7 - Medianeras (2011) – Mariana, Martin e a cidade. Os dois vivem na mesma quadra, em apartamentos um de frente para o outro, mas nunca conseguem se encontrar. Eles se cruzam sem saber da existência um do outro. Ela sobe as escadas, ele desce as escadas; ela entra no ônibus, ele sai do ônibus. Eles frequentam a mesma videolocadora, sempre com um stand de filmes que os separam. Eles sentam na mesma fileira em um cinema, mas a sala é escura. A cidade que os coloca juntos é a mesma que os separa. Curiosamente, quem os une é a internet, que ambos usam em suas noites insones e seus dias tediosos.



8 - Vontade Indômita (1949) - Howard Roark (Gary Cooper) é um arquiteto independente, que dá mais importância aos seus ideais do que aos seus compromissos. Howard se apaixona por Dominique Francon (Patricia Neal), uma herdeira, mas termina a relação quando tem a oportunidade de construir edifícios de acordo com seus próprios desejos. Dominique casa com um magnata da imprensa, Gayl Wynand (Raymond Massey), que no princípio comanda uma forte campanha contra o "radical Roark", mas eventualmente se torna o partidário mais forte dele. Ao ser firmado um contrato de moradias populares, há a condição que os planos de Roark não sejam mudados de forma nenhuma, mas ele fica surpreso ao descobrir que suas determinações serão radicalmente alteradas. É quando resolve revidar, custe o que custar.



9 - Eames – o Arquiteto e a Pintora (2011) - A equipe de marido e esposa de Charles e Ray Eames foram os designers industriais mais influentes e importantes da América. Admirada por suas criações e fascinante como indivíduos, eles subiram ao status de ícone na cultura americana. “Eames: The Architect & The Painter” retira um tesouro de material de arquivo, bem como novas entrevistas com amigos, colega e especialistas para capturar a história pessoal de Charles e Ray, enquanto coloca-os firmemente no contexto de seus tempos fascinantes.



10 - A Origem (2010) - Leonardo DiCaprio faz o papel de Dom Cobb, um ladrão especializado em extrair informações do inconsciente dos seus alvos durante o sonho. Incapaz de visitar seus filhos, Cobb tem a chance de vê-los em troca de um último trabalho: fazer a inserção, plantar a origem de uma ideia na mente de um rival de seu cliente. 




Crédito/fonte da foto:  Edital Ancine

Fonte do post: Domingos massaPapo de arquitetoBlog da Cahu

Comentários (3) -

  • Eddie Sampaio

    08/03/2015 19:32:18 | Reply

    Acrescento o filme ELLA e também UM CONVIDADO BEM TRAPALHÃO.

  • Issao

    26/09/2015 22:59:26 | Reply

    Poder repetir a toda hora oretrato da vida a qualquer tempo atemporalmente. Lindos filmes, todos. Perfeita indicacao comecar por Metropole.

  • issao

    03/10/2015 18:57:00 | Reply

    acresceria: El homble del ao lado. Ate outro dia estava no Netflix. Quem me aconselhou ver foi Bruno Padovano que e um bom cine filo(?)

Loading
novidades fechar
Receba o boletim da
Galeria da Arquitetura
veja um exemplo