Galeria da Arquitetura

Um jeito diferente de ver o mundo da arquitetura.

IPHAN aprova nova proposta para reforma de viaduto em Brasília

A nova estrutura deve ser entregue em até cinco meses, de acordo com o governo de Brasília (foto: Pedro Ventura/Agência Brasília)

Texto: Lucas Barbosa

25/05/2018 | 12:15 – O Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (IPHAN) aprovou a nova proposta do governo de Brasília para reformar o viaduto Eixão Sul, que desabou em 6 de fevereiro. Também foi aceito o projeto para requalificação da área, que privilegiará os pedestres.

Conforme solicitado pelo IPHAN, os pilares foram redesenhados e estão mais parecidos com o modelo original. Entretanto, eles ficarão mais largos para garantir a segurança da estrutura. Segundo Sérgio Sampaio, Chefe da Casa Civil, o novo projeto respeita ao máximo as questões urbanísticas da cidade.

Outra novidade é a nova posição dos pilares, que permitirá a inspeção e a troca. Dessa forma, será possível assegurar a preservação do patrimônio público, além da segurança, durabilidade e economia com a manutenção da estrutura.

Devido à complexidade da reforma e à importância de se preservar a memória cultural, o Conselho Internacional de Monumentos e Sítios recomendou que o IPHAN coordene a obra, já que o instituto dispõe de especialistas que conhecem as Normas do Patrimônio. Dessa forma, também seria possível garantir agilidade à obra.

Custo e prazos

A reforma do Eixão Sul custará R$ 15 milhões. O edital de licitação para a recuperação do viaduto será lançado em 20 dias. O governo de Brasília prevê que a estrutura seja entregue em até cinco meses.

Loading
novidades fechar
Receba o boletim da
Galeria da Arquitetura
veja um exemplo