Galeria da Arquitetura

Um jeito diferente de ver o mundo da arquitetura.

Medellín recebe o chamado Nobel do urbanismo mundial

Foto: Michaelpuche / Shutterstock.com

Redação Galeria da Arquitetura

Antes associada ao tráfico de drogas e à violência, a cidade colombiana de Medellín segue investindo em projetos inovadores de urbanismo que, além de mudar seu cenário social, têm-lhe garantido destaque no universo dos arquitetos e urbanistas.

Um exemplo recente desse reconhecimento é a premiação da cidade com o Lee Kuan Yew World City Prize, considerado o Nobel do urbanismo mundial.

Concedida pelo governo de Cingapura a cada dois anos, o prêmio indica as municipalidades que mais investem em planejamento urbano.

Em 2016, Medellín venceu uma disputa que incluiu Sidney, Viena, Toronto e Auckland, cidades situadas em países desenvolvidos. Com um valor de cerca de US$ 220 mil, o prêmio será entregue no segundo semestre ao prefeito de Medellín.

Investimento em espaço urbano e em equipamentos de lazer e educação, além de modelos de transporte público alternativos, como teleféricos e VLTs, são algumas das soluções recentes realizadas na cidade, sempre a partir de concursos nacionais e internacionais de arquitetura promovidos pela Sociedad Colombiana de Arquitectos.

Loading
novidades fechar
Receba o boletim da
Galeria da Arquitetura
veja um exemplo