Galeria da Arquitetura

Um jeito diferente de ver o mundo da arquitetura.

Museu no centro histórico do RJ será restaurado

O valor da restauração tem custo total de R$ 40 milhões (foto: Rach V/shutterstock)

Texto: Lucas Barbosa

10/03/2020 | 14:07 – O Museu Nacional de Belas Artes (MNBA), localizado no centro histórico do Rio de Janeiro, passará por obras de restauração. Construído em 1937, o complexo é tombado pelo Instituto de Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan).

Aprovado em julho do ano passado, o projeto contará com recursos do Fundo de Direito Difusos (FDD). As obras serão realizadas pela Concrejato, empresa que está à frente de mais 13 restaurações no território nacional, entre elas estão a do Museu do Ipiranga e do Farol Santander, em SP, e do Palácio Gustavo Capanema, no RJ.

As obras do MNBA estão divididas em três etapas. A primeira inclui o restauro das fachadas, cúpulas e terraços, além da instalação de sistemas de detecção e combate a incêndio e pânico. O sistema elétrico também será modernizado. Já a segunda fase será responsável pela climatização do complexo e decapagem do hall de entrada, enquanto a terceira modernizará os dois auditórios do museu.

Segundo a diretora da instituição, Mônica Xexéo, o aporte do FDD soma R$ 25,8 milhões. Entretanto, uma licitação reduziu os gastos da primeira etapa de restauro para R$ 14,8 milhões. “Com o saldo de R$ 10 milhões eu já faço a segunda etapa”, afirmou. O museu deve entrar em um novo edital de patrocínio neste ano para completar os recursos para as obras, já que o orçamento total do projeto é de R$ 40 milhões.

O MNBA funcionará normalmente durante as obras com um número reduzido de exposições. A restauração do edifício deve ser concluída em 2022.

Loading
novidades fechar
Receba o boletim da
Galeria da Arquitetura
veja um exemplo