Galeria da Arquitetura

Um jeito diferente de ver o mundo da arquitetura.

O que esperar de um programa de estágio em arquitetura?

O estágio proporciona ao estudante a experiência necessária para lidar com diferentes situações da profissão (crédito: shutterstock.com / goodluz)

Redação Galeria da Arquitetura

Você entra na faculdade de arquitetura depois de um processo exaustivo de vestibular, inicia o curso e logo vem a expectativa de iniciar na profissão. Junto com ela, muitas dúvidas. Afinal, como é o estágio? É possível colocar em prática tudo o que foi aprendido dentro da sala de aula? Quanto se ganha? E como fazer para conciliar os estudos com a jornada de trabalho?

Para te ajudar, fizemos um pequeno guia sobre o que esperar de um programa de estágio de arquitetura.

Tarefas

As atividades mais comuns de um estagiário de arquitetura são: elaboração de desenhos, orçamentos, gerenciamento dos materiais que chegam ao canteiro de obras, montagem de cronogramas, entre outras.

“Podemos ter estagiários que apenas detalham os projetos, aqueles que projetam espaços, organizam arquivos, acompanham obras e etapas da execução”, reforça Lisandro Piloni, titular do escritório de arquitetura de mesmo nome.

Ana Cristina Tavares, arquiteta e uma das sócias da KTA Arquitetura, complementa ao dizer que muitos estagiários fazem o acompanhamento da obra in loco. “Isso fornece ao estudante um aprendizado único sobre o dia a dia da profissão e sobre os imprevistos que podem ocorrer durante a execução do projeto”.

Jornada de trabalho e remuneração

“A carga horária sugerida é o que manda a lei – seis horas diárias, totalizando 30 horas semanais – para não atrapalhar o andamento das aulas e os compromissos estudantis, que devem estar sempre em primeiro lugar no momento da faculdade. A escola tem que ser prioridade”, reforça Tavares.

E o quanto isso acrescenta no bolso? Segundo o site Love Mondays, plataforma onde é possível descobrir salários e a satisfação dos funcionários em diversas empresas, a média salarial de um estagiário em arquitetura é de R$ 1.242,00 mensais.

O que as empresas avaliam?

O nome da universidade é realmente um dos fatores considerados pelas empresas. Mas as faculdades federais não são as únicas vistas com bons olhos, de acordo com a sócia do escritório KTA Arquitetura. “Priorizamos as universidades em que mais acreditamos e confiamos. Esse é o critério número um”, ressalta.

Outras situações são levadas em conta pelas empresas na hora de escolher o candidato, como o portfólio de desenho, o conhecimento de softwares e, claro, a entrevista pessoal. “Por se tratar muitas vezes de um primeiro emprego, a conversa informal pode ser uma maneira de conhecer e entender o candidato, além de saber como ele lida com pessoas, já que fazemos isso diariamente, seja com mão de obra ou clientes”, conta Piloni.

Loading
novidades fechar
Receba o boletim da
Galeria da Arquitetura
veja um exemplo