Galeria da Arquitetura

Um jeito diferente de ver o mundo da arquitetura.

Pela primeira vez, escritório brasileiro é premiado pelo RIBA

Segundo presidente do RIBA, o projeto é um exemplo de design simples e execução excelente (foto: divulgação/Leonardo Finotti)

Texto: Lucas Barbosa

14/05/2018 | 08:45 – Pela primeira vez na história, um escritório brasileiro é laureado pelo Royal Institute of British Architects (RIBA). A façanha foi da dupla Gustavo Utrabo e Pedro Duschenes, sócios do escritório Aleph Zero.

No último dia 8, os curitibanos foram premiados nas categorias RIBA International Emerging Architect e RIBA Awards for International Excellence com o projeto “Moradias Infantis”, realizado em parceria com o escritório Rosenbaum em Formoso do Araguaia (TO). 

Segundo Julia Barfield, presidente do Grupo RIBA Awards, os arquitetos impressionaram por abordarem como a arquitetura pode estimular quem a usa, assim como toda a comunidade, em uma região rica em recursos naturais, mas pobre em oportunidades, educação e recursos econômicos.

Já Ben Derbyshire, presidente do RIBA, comentou que o projeto é um exemplo de design simples e execução excelente.

Outros prêmios

O escritório Aleph Zero já havia recebido outros prêmios com o projeto “Moradias Infantis”: o Prêmio APCA 2017, da Associação Paulista dos Críticos de Arte, na categoria Obra de Arquitetura no Brasil; o 5º Prêmio Saint-Gobain de Arquitetura – Habitat Sustentável; o Prêmio ArchDaily Building Of The Year 2018, na categoria Melhor Edifício de Arquitetura Educacional do Mundo; e o Prêmio de Arquitetura Tomie Ohtake AzkoNobel.

Leia mais sobre o projeto “Moradias Infantis”

Loading
novidades fechar
Receba o boletim da
Galeria da Arquitetura
veja um exemplo