Galeria da Arquitetura

Um jeito diferente de ver o mundo da arquitetura.

Recanto de Arquiteto

Reprodução: Maplink

Redação Galeria da Arquitetura

Em nenhum outro lugar da cidade de São Paulo é possível encontrar tantos escritórios de arquitetura por m² como na Rua General Jardim, na Vila Buarque. Com cerca de 50 escritórios nas redondezas – como o 2SMC, Nitsche e UNA –, o local ganhou a alcunha de “Rua dos Arquitetos”. Mas por que tamanha concentração?

De acordo com André Scarpa, arquiteto do Nitsche, a localização e o custo-benefício são fatores determinantes. “Acredito que os arquitetos vieram para cá por encontrarem preços muito acessíveis para uma localização privilegiada – perto do centro, de Higienópolis, do IAB, da FAU Maranhão e do Mackenzie.”

A concentração também acaba favorecendo parcerias. “Em 2012 nos juntamos com o Metro Arquitetos para desenvolver um projeto com o OMA aqui em São Paulo. Os novos projetos para o ITA (Instituto Tecnológico de Aeronáutica) estão sendo desenvolvidos em parceria pelo Metro, Piratininga e MMBB, todos sediados na General Jardim”, afirma Scarpa.

Escritórios e faculdades

Ampliando um pouco mais o raio, podemos encontrar instituições de ensino na região, como a FAAP, Escola da Cidade, FAU e o Mackenzie. Para Marcio Coelho, arquiteto do 2SMC e professor de Projeto de Arquitetura e Patrimônio Urbano na FAAP, a proximidade entre os escritórios e as faculdades facilita bastante o dia a dia dos arquitetos. Ele conta que é possível realizar boa parte dos deslocamentos necessários a pé ou de bicicleta, tanto para conciliar trabalho e estudo, quanto para quem se divide entre escritório e docência.

Além dos benefícios profissionais, a proximidade entre os escritórios criou um novo meio de comunicação. “Uma grande amiga trabalha no prédio em frente ao nosso, exatamente na mesma altura (9º pavimento), e nos comunicamos por meio de acenos de janela para janela, combinando eventuais cafés durante a tarde ou até mesmo pizza madrugada adentro. Muito mais legal que WhatsApp”, conta Coelho.

São muitos os fatores que levam a General Jardim ser a rua dos arquitetos: desde os mais óbvios, como o custo-benefício, até os pequenos detalhes, como bancas de jornal com revistas especializadas difíceis de serem encontradas em outros locais. Além da chance de encontrar Paulo Mendes da Rocha – cujo escritório fica no prédio do IAB-SP, em uma travessa da General. “Depois de um tempo levamos tudo com mais naturalidade, mas no começo era sempre emocionante cruzar com ele na calçada. Minto, ainda é”, brinca Scarpa.

Loading
novidades fechar
Receba o boletim da
Galeria da Arquitetura
veja um exemplo