Galeria da Arquitetura

Um jeito diferente de ver o mundo da arquitetura.

SP Urbanismo e C40 lançam concurso para requalificação de áreas no centro de São Paulo

O Reinventing Cities é uma iniciativa global, adaptada ao cenário paulista (Foto: Edson Lopes Jr - SECOM/Reprodução)

Texto: Naíza Ximenes

25/07/2022 | 16:10 — A SP Urbanismo, em parceria com o Grupo C40 de Grandes Cidades para Liderança do Clima (C40 Cities), lançou um concurso, de cunho internacional, para selecionar projetos de revitalização de quatro áreas no centro de São Paulo.

Batizado de Reinventing Cities São Paulo, a proposta do concurso é tornar essas áreas, que são espaços residuais do sistema viário subutilizado, mais convidativas; adaptá-las para que os visitantes passem mais tempo usufruindo do ambiente; ampliar a circulação de pedestres nesses locais; explorar o uso de meios de transporte não poluentes nessas regiões, como bicicletas; promover a sustentabilidade do espaço público, a acessibilidade e a valorização do patrimônio histórico pela população. 

Serão aceitos arquitetos, urbanistas e escritórios de arquitetura e urbanismo, do Brasil e do exterior. Os vencedores receberão prêmios no valor de até R$ 100 mil.

As quatro regiões que serão contempladas ficam no anel viário conhecido como Rótula Central, próximo ao Centro Histórico, em áreas de cruzamento de grandes avenidas da cidade. Apesar de já integrarem alguns projetos de requalificação urbana da Prefeitura em andamento, esses espaços, por terem sido construídos ainda no início do século XX, ainda representam um período em que a arquitetura e o urbanismo priorizavam o tráfego de veículos. Elas são:

Mercado Kinjo Yamato/Boulevard Prestes Maia; 

Praça Alfredo Issa; 

Praça Dr. João Mendes; e 

Praça Clóvis Beviláqua.

Com a evolução da arquitetura urbana, essas regiões (que possuem pouco ou nenhum espaço para a permanência de pessoas) passaram a sediar conflitos entre automóveis, pedestres e ciclistas — e, consequentemente, registrar um crescimento expressivo de acidentes de trânsito. 

O concurso

O Reinventing Cities é, na verdade, uma iniciativa global, mas que foi adaptada ao cenário paulista (a única cidade da América Latina escolhida) pela C40 — uma rede que reúne grandes cidades do mundo comprometidas com o desenvolvimento de ações para combater o aquecimento global e as mudanças climáticas.

O presidente da SP Urbanismo, Cesar Azevedo, comemorou a participação no concurso e reiterou a importância da participação de São Paulo em um projeto dessa magnitude. “Especialmente num contexto pós-pandemia, repensar esses espaços de convivência e de passagem torna-se ainda mais urgente e fundamental para a construção de uma cidade mais sustentável e resiliente”, ele afirmou.

Para participar do concurso, as inscrições devem ser feitas até o dia 20 de setembro de 2022, no site da rede C40. O edital e todos os anexos podem ser encontrados no site e-negocios, da Prefeitura de São Paulo.

As propostas deverão ser entregues à SP Urbanismo entre os dias 5 e 7 de outubro, presencialmente ou pelos correios. Elas serão analisadas, sem a identificação dos autores, entre 10 e 14 de outubro. A comissão técnica que selecionará os projetos será constituída por representantes da SP Urbanismo, C40 e entidades de arquitetura do país. O anúncio dos vencedores ainda não possui data definida — sabe-se, apenas, que acontecerá durante o mês de outubro, em cerimônia pública.

Cada uma das quatro áreas terá três propostas vencedoras. A premiação consiste em:

1ºs colocados: Prêmio de R$ 100 mil e a possibilidade de contratação, pela Prefeitura, para elaborar projeto executivo proposto no estudo, com valor de contratação fixo de R$ 300 mil.

2ºs colocados: R$ 30 mil

3ºs colocados: R$ 20 mil

Loading

Receba gratuitamente os Boletins e
Informativos da Galeria da Arquitetura.

(55 11) 3879-7777

Fale conosco Anuncie
novidades fechar
Receba o boletim da
Galeria da Arquitetura
veja um exemplo