Galeria da Arquitetura

Um jeito diferente de ver o mundo da arquitetura.

Tendências contemporâneas pautam futuro da arquitetura

Crédito: TechnoVectors/shutterstock.com  

Redação Galeria da Arquitetura

Fenômenos ligados à tecnologia, principalmente aqueles que permeiam aspectos diários da vida na sociedade, têm modificado a forma como o mundo se organiza.

Na arquitetura, os sintomas aparecem em diversas etapas de um projeto, como no financiamento, idealização, programa e função de um empreendimento. Confira abaixo quatro aspectos contemporâneos que pautam novos ares no setor.

Funções integradas

Edificações que antes atendiam uma só função, como moradia ou local de trabalho, tendem a incorporar as duas e até mais atividades em suas dependências, como os empreendimentos de uso misto, por exemplo. As possibilidades permitem que, em um projeto, coexistam inúmeros tipos de serviços, como no complexo do Google, na Califórnia (EUA).

Projetos multidisciplinares

A complexidade em atender programas específicos na arquitetura, como requisitos urbanísticos e ambientais, aumenta a demanda por multidisciplinaridade nas construções. Dessa forma, a participação de profissionais de outras ciências, como antropologia social, iluminação e acústica, por exemplo, se faz mais presente nos escritórios.

Interconectividade presente

Com o avanço da Internet das Coisas, conceito que visa conectar objetos de uso diário com a web, amplia-se a função da infraestrutura na projeção de espaços, que exploraram soluções que viabilizam a integração internet-coisa. Embora esbarre em desafios pragmáticos, o uso de Tecnologias de Informação e Comunicação (TIC) pode permitir uma ligação constante entre serviços e pessoas.

Financiamento coletivo

Projetos de arquitetura não precisam depender necessariamente da iniciativa privada e editais públicos para saírem do papel. Por meio do crowdfunding (financiamento coletivo), é possível arrecadar capital para conceber, principalmente, projetos de interesse comum. A exemplo, o parque subterrâneo Lowline, em Nova Iorque (EUA), arrecadou cerca de 220 mil dólares para sua construção — cujo término é previsto para 2020.


Loading
novidades fechar
Receba o boletim da
Galeria da Arquitetura
veja um exemplo