Galeria da Arquitetura

Um jeito diferente de ver o mundo da arquitetura.

Top 20 dos castelos e palácios mais bonitos do mundo

Crédito: Noppasin

Redação Galeria da Arquitetura

Os castelos e palácios carregam muitas histórias e mistérios. Algumas dessas construções seculares ganharam novas utilidades nos tempos atuais. Enquanto alguns são usados até hoje como sede dos governantes, boa parte ainda funciona como museus e locais de visitação, mantendo as memórias vivas. A seguir, conheça alguns dos castelos mais imponentes:

1.        Palácio de Kremlin – Moscou, Rússia

Crédito: EvgenySHCH

Começamos a lista com o Palácio de Kremlin, localizado na capital da Rússia. Trata-se de um complexo fortificado constituído pela Catedral de São Basílio, Praça Vermelha e Jardim de Alexandre. É a residência oficial do presidente local.

2.        Palácio Westminster – Londres, Inglaterra

Crédito: Leonid Andronov

Com estilo gótico vitoriano, o Palácio de Westminster foi por muitos anos a principal casa da família real britânica. Após o incêndio que aconteceu em 1834, o complexo passou por uma restauração. Desde então, abriga as duas câmaras do parlamento do Reino Unido – a Câmara dos Lordes e a Câmara dos Comuns.

3.        Castelo de Matsumoto – Nagano, Japão

Crédito: Natthawut Chongvilaiwan

Construído no século XVI, esse castelo foi controlado por várias tribos nipônicas. Em 1872 foi vendido em um leilão e correu o risco de ser derrubado. No ano de 2011, um forte terremoto abalou suas estruturas.

4.        Castelo de Moszna – Moszna, Polônia

Crédito: Mariusz Switulski

O castelo de Moszna foi a residência de uma família de magnatas industriais – os Silesian Tiele-Winckler – de 1866 a 1945. Nesse último ano, os habitantes mudaram-se à força para a Alemanha, quando o castelo foi ocupado pelo exército vermelho.

5.        Castelo de Neuschwanstein – Hohenschwangau, Alemanha

Crédito: canadastock

Datado do final do século XIX, esse castelo foi a residência de infância do Rei Luís II, da Baviera, sendo construído pelo seu pai, o Rei Maximiliano II. A obra é tão imponente que serviu de inspiração para o castelo da Cinderela, símbolo da Disney. Todos os anos o local recebe mais de 1 milhão de visitantes.

6.        Castelo de Chillon – Genebra, Suíça

Crédito: canadastock

O castelo de Chillon, localizado no lago de Genebra, na Suíça, é uma das principais atrações turísticas do país. O prédio foi ocupado a partir da Idade do Bronze e já passou por várias restaurações.

7.        Castelo de Blarney – Cork, na Irlanda

Crédito: inalex

Esse forte medieval carrega a lenda de uma pedra: aquele que a beija recebe o dom da eloquência.

8.        Castello Scaligero – Sirmione, Itália

Crédito: mikolajn

Banhado pelas águas do Lago de Garda, o castelo foi construído no início do século XIII. Há muito tempo viveu por lá o casal Ebengardo e Arice. Os dois tiveram suas vidas interrompidas por um trágico episódio. Diz a lenda que ainda hoje, nas noites de tempestade, é possível ver a alma de Ebengardo passear pelo castelo em busca de Arice.

9.        Castelo de Corvin – Transilvânia, Romênia

Crédito: Emi Cristea

Esse castelo foi utilizado pelo príncipe Vlad Tepes como fortaleza militar durante seu reinado no século 15 contra o Império Otomano. A personalidade do governante inspirou o escritor e poeta Bram Stoker a criar o romance do vampiro, o Drácula.

10.        Castelo Urquhart – Drumnadrochit, Escócia

Crédito: nitsawan katerattanakul

Construído em 1228, o castelo de Urquhart é um dos mais famosos da Escócia. Dizem que lá fica o principal ponto de observação para quem quer ver o Monstro do Lago Ness.

11.        Palácio de Buckingham – Londres, Inglaterra

Crédito: Lukasz Pajor

É a residência oficial da Rainha Elizabeth II e um dos cartões postais de Londres. O prédio conta com 775 cômodos, sendo 52 quartos para a realeza e seus convidados, 188 dormitórios para os funcionários, 92 escritórios, 19 salas de estado e 78 banheiros. O arquiteto John Nash foi o responsável pela reestruturação do projeto de interiores.

12.        Palácio de Maiçor - Maiçor, Índia

Crédito: Noppasin

Depois do mausoléu Taj Mahal, o palácio de Maiçor é o monumento mais visitado da Índia. Recebe cerca de 2,7 milhões de visitantes por ano. O projeto arquitetônico é do inglês Henry Irwin. Sua construção levou 15 anos (de 1897 a 1912). Em 1940 passou por uma ampliação.

13.        Palácio Real – Madrid, Espanha

Crédito: S-F

O palácio foi projetado pelo arquiteto Giovanni Battista Sacchetti. O prédio serve como moradia para o rei da Espanha, embora hoje em dia seja utilizado apenas em ocasiões especiais. Também abriga um museu de coleções reais.

14.        Palácio de Versalhes – Versalhes, França

Crédito: S-F

De 1682 a 1789 foi o centro de poder do antigo regime na França. Situado no subúrbio de Paris, o palácio foi construído estrategicamente afastado dos grandes centros da época devido ao grande tumulto de pessoas e doenças que tinham nos locais.

15.        Palácio de Catarina – Tsarskoye Selo, Rússia

Crédito: Vladimir Sazonov

O Palácio de Catarina está a 25 km de São Petersburgo. A residência, que teve origem em 1717, foi desenvolvida pelo arquiteto Johann Friedrich Braunstein. A proposta foi construir um palácio de verão. Foram usados mais de 100 kg de ouro para dourar a sofisticada fachada e as numerosas estátuas erguidas no telhado.

16.        Palácio Imperial de verão – Beijing, China

Crédito: Lukiyanova Natalia frenta

Também conhecido como Jardins Imperiais, o palácio foi projetado como um presente para o quarto filho do imperador Yongzheng. Durante a Segunda Guerra Mundial, os jardins foram destruídos pelas tropas britânicas e francesas.

17.        Palácio Nacional da Pena – Lisboa, Portugal

Crédito: Tatiana Popova

Localizado em Lisboa, na vila de Sintra, o edifício representa uma das principais características da arquitetura romântica do século XIX. Com a chegada da proclamação da República Portuguesa, o palácio tornou-se um museu.

18.        Castelo de Glamis – Dundee, Escócia

Crédito: Francesco Dazzi  

O castelo de Glamis é a casa do Conde e Condessa de Strathmore e Kinghorne e encontra-se aberto ao público. A Rainha Mãe, como era conhecida Elizabeth Bowes-Lyon, nasceu neste castelo e passou sua infância. Sua segunda filha, a princesa Margarida, também nasceu no mesmo local.

19.        Grande Palácio – Banguecoque, Tailândia

Crédito: Travel mania

O Grande Palácio tem diversas construções. Uma delas é o Wat Phra Kaew, onde fica o templo do Buda de esmeralda. Dentro do palácio não é permitido tirar fotos. Apenas o rei é autorizado a chegar perto da estátua para trocar suas vestes conforme a estação.

20.        Castelo de Praga – República Tcheca

Crédito: Vlada Photo

O Castelo de Praga foi fundado no século IX e era habitado pelos reis da boêmia. Hoje, serve como residência presidencial. É considerado o maior castelo do mundo pelo Guinness Book.

 

Loading
novidades fechar
Receba o boletim da
Galeria da Arquitetura
veja um exemplo