São Paulo lança Manual de Desenho Urbano e Obras Viárias

Documento disponibilizado pela Prefeitura reúne normas para projetos urbanos alinhados aos princípios de acessibilidade, segurança no trânsito, entre outros
0 Compartilhamentos
0
0
0

É a primeira vez que a capital paulista conta com um guia do tipo (Imagem: Reprodução/Manual de Desenho Urbano e Obras Viárias)

Texto: Vinícius Veloso


18/01/2021 | 17:05 — A cidade de São Paulo agora tem o Manual de Desenho Urbano e Obras Viárias. Lançado em dezembro do ano passado, o documento reúne diversas normas para projetos urbanos alinhados aos princípios de acessibilidade, equidade social, segurança no trânsito e sustentabilidade. É a primeira vez que o município possui um instrumento intersetorial completo para nortear os projetos e as intervenções no espaço viário, garantindo padrões de qualidade que contemplem o bem-estar da população.

O material permitirá que as construções em ruas, avenidas, calçadas, ciclovias, galerias, túneis, passarelas, pontes e viadutos sejam executadas considerando a ocupação democrática e acessível do espaço urbano. Serviram como inspirações para o guia as experiências positivas de outras metrópoles do mundo, como Nova Iorque (Estados Unidos) e Barcelona (Espanha). Além da capital paulista, a publicação pretende ser usada como referência de projetos pensados para outras cidades do Brasil e da América Latina.
Como ter acesso ao manual
Dividido em sete capítulos, o manual está disponível na Internet. Já a versão impressa foi planejada em formato de fichário, com objetivo de gerar um documento dinâmico e de fácil atualização. Com isso, em futuras complementações ou revisões, será necessário somente substituir algumas das fichas — eliminando a necessidade de impressões de novas edições completas a cada evolução do conteúdo presente no material.
Desenvolvimento
A elaboração do Manual de Desenho Urbano e Obras Viárias é resultado do trabalho conjunto entre diversas secretarias e órgãos municipais, além da participação da Iniciativa Bloomberg para Segurança Global do Trânsito (BIGRS). Por meio de consulta pública, realizada em junho de 2020, o documento também recebeu colaboração da sociedade civil, da academia, de associações e entidades relacionadas ao tema. Houve, ainda, apoio técnico e financeiro da Parceria por Cidades Saudáveis, rede global de municípios comprometidos em salvar vidas apostando na prevenção de doenças crônicas não transmissíveis e lesões.

0 Compartilhamentos
Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *