7 arquitetos que projetaram seu próprio lar

Simplicidade, funcionalidade e modernidade não faltam! Conheça 7 arquitetos que projetaram seu próprio lar
0 Compartilhamentos
0
0
0

Foto: Jacob Lund/shutterstock

Texto: Vitória Oliveira

Quando o assunto é projetar – seja uma construção ou revitalização
–, cabe ao arquiteto organizar e idealizar todos os ambientes, respeitando
sempre os critérios de conforto, funcionalidade e estética. Do briefing
à conclusão, são inúmeros os desafios, mas o resultado é sempre de tirar o
fôlego!

E quando o
profissional desenvolve sua própria casa? Para matar a curiosidade, fizemos uma
lista com 7 arquitetos que projetaram seu próprio lar e exploraram suas
ideias com muitas intervenções. Confira!

1.   Casa Box

Ao conceber sua própria morada, Flávio
Castro – titular do FCstudio
– aproveitou ao máximo o terreno de esquina,
criando duas fachadas e priorizando a integração entre ambientes internos e
externos, além de combinar materiais.

“No projeto da Casa
Box
, explorei as volumetrias e a diferenciação dos programas por meio dos
materiais utilizados. Na entrada, uma porta de aço corten vermelha; ao passar
pelo hall, a volumetria de vidro abriga o bloco social. Já a caixa opaca, totalmente
escura por fora, dá origem ao bloco íntimo”, explica o arquiteto.

Fotos: Pedro Kok

2.   Apartamento do Arquiteto

O projeto de interiores do Apartamento
do Arquiteto
mistura os estilos industrial, urbano e rústico, com
referências do próprio morador, o arquiteto Antônio Medeiros, que também é 
sócio do StudioVert.

Além de ter projetado seu próprio apê, o arquiteto
desenhou com sua sócia – Roberta Feijó – toda a marcenaria. O elemento ganha
destaque com as cores vibrantes que contrastam com a base preta e cinza.

Foto: Deise
Rathge

3.   Residência Bandeiras

A Residência
Bandeiras
é de Tito Ficarelli, arquiteto que assina o projeto arquitetônico
junto de sua irmã, Chantal, sócia no
escritório
Arkitito
.

Trata-se de uma casa “descomplicada”. A estreita relação
entre residência e cidade levou os arquitetos a posicionarem todas as aberturas
do edifício em direção à rua.

Os vazios da fachada foram vedados por caixilhos de
alumínio e vidro, que mantêm todos os ambientes conectados ao bairro da Vila
Madalena, em São Paulo – sempre tão lembrado pela agitação cultural.

Foto: Vivi Spaco

4.   Apartamento Goma

O arquiteto Kanô Ferreira – do Plure
Arquitetura
– convidou a amiga e arquiteta Helena Pedreira de Freitas – do MPA
Pedreira de Freitas Arquitetos
– para reformar o lar onde mora: o Apartamento
Goma
.

Kanô adora cozinhar e estar cercado de amigos em casa. Portanto,
a bancada da cozinha deveria se estender à sala de estar. Além disso, cada
cantinho precisava ser funcional e bem aproveitado. “O ambiente central é, ao
mesmo tempo, as salas de estar e jantar, a cozinha e o corredor”, conta Kanô
Ferreira.

Foto: Maíra
Acayaba

5.   Casa Manga

“Projetar
a própria casa é um grande desafio!” Foi com essa frase que a arquiteta
Samira Siman
começou a contar sobre o processo de criação da sua morada,
localizada em um condomínio fechado em Cachoeiro do Itapemirim, no Espírito
Santo.

O nome foi
inspirado na mangueira preservada do terreno. “Como a casa não tem muros, os
acessos são fáceis e convidativos para que os vizinhos continuem a pegar manga
do pé”, sintetiza Samira.

A partir
da proposta de preservação da natureza e de um desenho compacto e funcional, a Casa
Manga
nasceu como se sempre estivesse na região – já que esse era o desejo
da moradora.

Fotos: Yorran
Nogueira

6.   Apartamento Ipiranga

Quando o arquiteto
Bruno Moraes
, titular do escritório de arquitetura de mesmo nome, caminhava
por uma rua no Ipiranga, bairro paulistano onde cresceu, ficou curioso ao ver o
estande de vendas de um novo edifício. Decidido a se aventurar, comprou e
projetou cada canto dos 53 m² com um estilo contemporâneo e industrial. Com o
passar do tempo, ele conheceu a esposa e, juntos, acrescentaram alguns toques ao
apartamento.

As
estampas coloridas do tapete e das almofadas, os objetos de decoração e as
plantas “quebram” a sobriedade da paleta cromática e refletem a personalidade
jovial do casal. Além disso, um detalhe romântico está sobre a cama, que traz
um trecho da música “Aonde quer que eu vá”, da banda brasileira Os Paralamas
do Sucesso
, que fez parte do pedido de casamento.

Fotos: Luís Gomes

7.   Casa Allouchie

Ao
conceber o projeto
arquitetônico de sua própria casa
, em Caruaru (PE), o arquiteto
Leonardo Allouchie
pensou minuciosamente nas suas necessidades, de sua
esposa e de seus dois filhos. Segundo ele, a casa é uma extensão da família.

“Pensamos
na casa como extensão da rua. Queríamos proporcionar uma experiência positiva
para quem transitasse por ali, assim como presentear a nós e aos nossos filhos
com tudo que uma simples rua pode oferecer. Construímos uma casa e ganhamos uma
rua. Exploramos bem a dimensão da arquitetura”, comenta o arquiteto.

Foto: Antônio
Preggo

0 Compartilhamentos
Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


The reCAPTCHA verification period has expired. Please reload the page.