Denver ganhará o primeiro e mais alto edifício construído com madeira

O edifício residencial nomeado de Return to Form prima pelo bem-estar dos moradores e pela sustentabilidade. O empreendimento será construído em 2023
0 Compartilhamentos
0
0
0

Foto

O edifício será projetado com madeira exposta nas paredes e tetos (divulgação: Tres Birds)

Texto: Vitória Oliveira

10/01/2023 | 10:08 — Honrado nacionalmente com o prêmio Mass Timber Competition 2022: Building to Net-Zero, o projeto arquitetônico do edifício Return to Form foi idealizado pelo escritório americano Tres Birds para aprimorar a relação das pessoas com o espaço urbano.

A construção do empreendimento será iniciada em julho de 2023. Além disso, contará com 84 unidades habitacionais, academia, cafeterias, espaços de coworking e deck na cobertura.

A fachada receberá madeira maciça com tecnologia que utilizará árvores de pequeno diâmetro de florestas manejadas de forma sustentável para harmonizar com a paisagem de “RiNo”, o badalado bairro River North Arts District, no Colorado.

Devido ao plantio contínuo e a colheita responsável, é possível que essas florestas se tornem fontes de materiais de construção renováveis e de baixo impacto à natureza.

“O sistema construtivo permitiu – pela primeira vez na história – a projeção com um recurso totalmente sustentável: árvores. A estrutura da madeira é composta por painéis laminados colados entre si, garantindo não apenas força e estabilidade, mas também resistência ao fogo, portanto, saudável para o planeta”, explica o arquiteto Michael Moore, à frente do escritório.

Materialidade

Foto

Detalhes do projeto arquitetônico do Return to Form (divulgação Tres Birds)

O projeto tem materiais naturais – evidenciados nas paredes e tetos – combinados com vidro e concreto aparente, além de um abundante paisagismo. As janelas são amplas para a contemplação do exterior.

Para reduzir as emissões de gases de efeito estufa, apenas uma pequena parte do edifício será de concreto aparente (áreas restritas à fundação, escadas e núcleo do elevador).

Na entrada principal, algumas espécies de vegetação fazem alusão ao parque enquanto os espaços internos proporcionam experiências acolhedoras e surpreendentes aos moradores.

0 Compartilhamentos
Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *