União Internacional de Arquitetos abre inscrições para prêmios e medalhas

Os vencedores serão anunciados durante o Congresso Mundial de Arquitetos da UIA, que acontecerá em Copenhague, Dinamarca, em julho
0 Compartilhamentos
0
0
0

Foto

Os nomeados poderão incluir qualquer arquiteto, empresa, grupo de arquitetos ou entidade coletiva composta por arquitetos (Foto: UIA/Divulgação)

Texto: Naíza Ximenes

01/03/2023 | 16:30 — A União Internacional de Arquitetos (UIA) abriu inscrições para a Medalha de Ouro UIA — um dos títulos de maior prestígio para um arquiteto — e para os cinco Prêmio Trienais da instituição, que reconhecem a excelência em cinco domínios arquitetônicos específicos: planejamento urbano, inovação, ensino, melhoria de habitats e estruturas comunitárias, bem como soluções para ajudar as populações mais pobres do mundo. 

Os vencedores serão anunciados durante o Congresso Mundial de Arquitetos da UIA, que acontecerá em Copenhague, na Dinamarca, em julho. 

As Seções de Membros da UIA e os funcionários eleitos são convidados a enviar suas indicações para a Medalha de Ouro e Prêmios até 17 de abril, às 18h (horário de Paris), por meio da plataforma online da UIA

Os nomeados poderão incluir qualquer arquiteto, empresa, grupo de arquitetos ou entidade coletiva composta por arquitetos em seu escopo. Apesar da competição aceitar inscrições de qualquer nacionalidade, os materiais de candidatura devem estar em um dos dois idiomas de trabalho da UIA, que são francês e inglês.

Presidido por José Luis Cortés, Presidente
da UIA, 
o júri internacional será composto por membros do Bureau da UIA. O arquiteto chinês Li Xiaodong se juntará ao júri para avaliar as inscrições para a Medalha de Ouro. Para cada prêmio, o júri será acompanhado por um dos ganhadores das edições anteriores:

Jan Gehl (Dinamarca), vencedor do Prêmio Patrick Abercrombie de Planejamento Urbano e Design, em 1993;

Anupama Kundoo (Índia), vencedor do Prêmio Auguste Perret de Tecnologia em Arquitetura, em 2021;

Ashraf Salama (Egito), vencedor do Prêmio Jean Tschumi de Escrita Arquitetônica, em em 2017;

Carin Smuts (África do Sul), vencedora do Prêmio Robert Matthew para Ambientes Sustentáveis e Humanitários, em 2017; e

Nadia Tromp (África do Sul), vencedora do Prêmio Vassilis Sgoutas de Arquitetura Implementada ao Serviço dos Pobres, em 2021.

Fundada em 1948, a UIA é uma federação de organizações profissionais nacionais que trabalham para unificar arquitetos, influenciar políticas públicas e promover a arquitetura a serviço das necessidades da sociedade.

Para saber mais sobre o concurso, clique aqui. 

0 Compartilhamentos
Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *