Urban Design & Architecture Design Awards premia edifício brasileiro

O projeto, do escritório Perkins&Will, foi um dos Gold Winner 2023
0 Compartilhamentos
0
0
0

Foto

Essa é a segunda vez em menos de seis meses que o empreendimento da construtora Trisul recebe um prêmio de cunho internacional (Foto: Condomínio Oscar Ibirapuera/Divulgação)

Texto: Naíza Ximenes

29/03/2023 | 17:11 — O edifício residencial Oscar Ibirapuera, projetado pelo escritório Perkins&Will para homenagear a arquitetura modernista de Oscar Niemeyer, recebeu o prêmio Gold Winner do Urban Design & Architecture Design Awards nesta semana, uma das premiações de arquitetura e design mais prestigiadas do mundo.

Essa é a segunda vez em menos de seis meses que o empreendimento da Trisul recebe um prêmio de cunho internacional. Isso porque o Oscar Ibirapuera é uma obra de altíssimo padrão e foi pensado para reunir tanto o lazer da cidade, quanto o aconchego da natureza.

O primeiro edifício da grife A Lifestyle Boutique by Trisul possui uma localização altamente privilegiada — a cinco minutos do Parque do Ibirapuera, na capital de São Paulo, com uma vista exuberante do local —, apartamentos com versões de 186 metros quadrados, 227m² e 233m² e opções de 3 ou 4 dormitórios, com até 4 suítes

A arquitetura do prédio se inspira nos contornos desenvolvidos por Niemeyer e chama atenção pela imponência no seu entorno. A alusão à arquitetura do parque Ibirapuera começa já na entrada, onde há um grande pavilhão com lajes flutuantes, revestimento em madeira e pilares inspirados nos traços do reconhecido arquiteto. 

Uma abertura no teto do pavilhão, que abriga as áreas sociais, remete às formas orgânicas do Ibirapuera. “A abertura cria ângulos interessantes. Os moradores podem ver a piscina de seus apartamentos por meio desse rasgo e observar o telhado verde com vegetação nativa que foi implantada no teto do pavilhão”, explica Douglas Tolaine, arquiteto e Design Principal do estúdio da Perkins&Will em São Paulo. 

Além disso, os arquitetos optaram por adicionar uma paleta de tons naturais e vegetação em todo a proposta, com um projeto luminotécnico que pensa o ritmo do dia e da noite. A iluminação, a água e o verde se somam à arquitetura modernista, enquanto a massa branca, o concreto, o metal e a madeira formam o ar contemporâneo do Oscar Ibirapuera.

“Ao adentrar pelo hall, moradores e visitantes são surpreendidos ao passar por uma marquise com fachadas e áreas livres que permitem que a luz natural resplandeça o ambiente, sendo filtrada pela vegetação presente em ambos os lados e por lagos que envolvem quem passa, ao mesmo tempo que transmite uma sensação de acolhimento”, pontua Benedito Abud, responsável pelo paisagismo do empreendimento.

Já no ambiente interno, em uma das áreas de uso coletivo — em especial, na área molhada —, há uma piscina coberta e outras descobertas. O layout utilizado permite que a luz incida perpendicularmente no ambiente, através de uma fenda na laje.

Os materiais e o design foram pensados para explorar ao máximo o conceito de biofilia, para ampliar a sensação de relaxamento e tranquilidade, e demonstrar cuidado com os recursos naturais.

O Oscar Ibirapuera adotou práticas de sustentabilidade que conquistaram o selo Aqua HQE, que atesta que a construção gerou baixos impactos ambientais, tanto durante a obra, quanto no funcionamento do edifício. 

Segundo a Trisul, o edifício também foi o primeiro empreendimento imobiliário do país a contar com a certificação Procel Edificações Residenciais, que garante a aplicação de medidas para economia de energia — como a ampliação das janelas para melhorar a entrada da luz, o uso de equipamentos eficientes e a geração local de eletricidade — durante e após a construção do prédio. 

Em novembro de 2022, o Oscar Ibirapuera ganhou o Architecture Master Prize (AMP), na categoria Design de Arquitetura Residencial. O prêmio celebra a criatividade e inovação em arquitetura, design de interiores, arquitetura paisagística, design de produto arquitetônico e fotografia arquitetônica, com participantes de todas as partes do mundo.

0 Compartilhamentos
Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


The reCAPTCHA verification period has expired. Please reload the page.