Galeria da Arquitetura

Um jeito diferente de ver o mundo da arquitetura.

Bairro dinamarquês adaptado às tempestades

Quando a próxima tempestade chegar a Copenhague, capital dinamarquesa, os moradores do bairro de St. Kjeld não precisarão se preocupar. Isso porque, desde dezembro, eles vivem no primeiro bairro do mundo adaptado às mudanças climáticas.

Em 2011, após uma violenta tempestade provocar inundações e danos de cerca de US $ 1 bilhão, a cidade começou a se prevenir. René Sommer Lindsay, responsável pela iniciativa, inovou nas mudanças de St. Kjeld ao optar por um plano diretor de águas pluviais, ao invés da criação de projetos pontuais e localizados.

Como havia muito asfalto e pouco espaço para o escoamento da água pluvial, a solução foi planejar o bairro com foco na construção de estruturas verdes, majoritariamente naturais.


Dessa forma, as quadras foram divididas e a pavimentação foi substituída por uma espécie de tapete de grama, inclinado e entrecortado por passeios para a passagem de pedestres. No caso de uma tempestade ou inundação, as pequenas praças espalhadas por St. Kjeld funcionarão como bacias para a água, cercadas pelas ondulações no terreno.

Por meio de um novo sistema de encanamento, também é possível coletar a água dos terraços dos edifícios. E as ruas do entorno, por sua vez - em situações de mau tempo -, tornam-se canais que escoam a água em direção ao porto.

Crédito/fonte da foto: Aljazeera 
Fonte do post: The City Fix Brasil

Loading
novidades fechar
Receba o boletim da
Galeria da Arquitetura
veja um exemplo