Galeria da Arquitetura

Um jeito diferente de ver o mundo da arquitetura.

Brasileiro vai elaborar plano-piloto de assentamentos informais em país africano

Cabo Verde possui déficit habitacional de 8,7% (foto: LeoV/shutterstock)

Texto: Lucas Barbosa

27/05/2019 | 15:26Manoel Ribeiro, arquiteto e urbanista brasileiro, vai executar um plano-piloto de assentamentos informais para a cidade de Mindalo – principal centro urbano da ilha de São Vicente – a convite do governo da República de Cabo Verde. A iniciativa foi motivada pelo déficit habitacional de 8,7% – segundo estudo realizado pelo setor de habitação do país africano, Cabo Verde precisará de 26.412 novas habitações até 2030.

O profissional conta com know-how para a elaboração desta tarefa, já que é o autor dos projetos de Favela-Bairro executados nas comunidades de Serrinha, Cantagalo, Pavão-Pavãozinho, São Carlos, Mangueiral, Vigário Geral e Parada de Lucas, na cidade do Rio de Janeiro (RJ).

As propostas de assentamento serão executadas nas comunidades de Alto Bomba, Canalona, Covoada de Bruxa e Fernando Pó. As áreas onde os assentamentos serão executados possuem em comum o fato de estarem em regiões de encostas. Entretanto, se diferenciam pelo terreno que é mais pedregoso.

Está previsto o investimento de cerca de $ 100 mil escudos caboverdianos (cerca de R$ 4 mil).

O programa Favela-Bairro já inspirou projetos de requalificação urbana na Colômbia, Guatemala, Venezuela e El Salvador.

Loading
novidades fechar
Receba o boletim da
Galeria da Arquitetura
veja um exemplo