Galeria da Arquitetura

Um jeito diferente de ver o mundo da arquitetura.

Cinema fechado por 45 anos será reaberto em Paraty (RJ)

O Cinema da Praça será uma das atrações da FLIP 2018 (foto: Cinema da Praça Paraty/Agência Brasil)

Texto: Lucas Barbosa

23/07/2018 | 09:10 > Atualizada em 27/07/2018 | 14:05 – A Festa Literária Internacional de Paraty 2018 (Flip) contará com um reforço de peso. Após 45 anos fechado, o Cinema da Praça foi reinaugurado na última quinta-feira (20/07) e terá programação especial durante o evento, que será realizado entre 25 e 29 de julho. A estreia será marcada pela exibição de um documentário sobre a relação dos moradores da cidade com o cinema antes do seu fechamento.

O Cinema da Praça continuará aberto depois do término da Flip. Nele, serão realizadas sessões escolares, oficinas introdutórias ao audiovisual e exibição de filmes nacionais e estrangeiros. Também estão programadas performances, uma mostra de realizadores de Paraty e o Festival Varilux de Cinema Francês. Além disso, o espaço também será palco de uma mostra sobre filmes gravados na cidade, como Como era Gostoso Meu Francês (1971, Nelson Pereira dos Santos), Quem é Beta? (1973, Luiz Carlos Lacerda) e Gabriela (1983, Bruno Barreto).

Restauração

O sobrado onde o cinema está instalado passou por uma restauração que levou dois anos para ser concluída. Assinada pelo escritório Arquipélago Arquitetos, a reforma foi possível graças ao apoio financeiro da Prefeitura de Paraty, do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), da Comunitas (organização que contribui para o aprimoramento dos investimentos sociais corporativos e estimula a participação da iniciativa privada nos desenvolvimentos social e econômico do Brasil), do Ministério da Cultura e da Petrobras, e foi autorizada pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan).

Cinema da Praça

O sobrado funcionou como Cine São Jorge entre 1930 a 1973. Em 2014, foi adquirido pela Prefeitura de Paraty e reinaugurado como Cinema da Praça. Conta com uma sala capaz de comportar 80 pessoas e uma arquitetura única devido as suas imensas paredes de tijolos aparentes e pé-direito duplo. Sua dimensão e imponência destacam-se em meio aos imóveis de Paraty.

Flip

Realizada anualmente desde 2003, a Flip reúne escritores que dialogam sobre diversos temas, como teatro, cinema e ciência. Este ano, a autora homenageada será Hilda Hist.

Loading
novidades fechar
Receba o boletim da
Galeria da Arquitetura
veja um exemplo