Galeria da Arquitetura

Um jeito diferente de ver o mundo da arquitetura.

Estação Antártica Comandante Ferraz é concluída após três anos de obras

A construção do complexo consumiu 700 toneladas de aço (foto: divulgação)

Texto: Lucas Barbosa

19/03/2019 | 17:27 – As obras para construção da nova Estação Antártica Comandante Ferraz – base de pesquisas da Marinha do Brasil – foram concluídas após três anos. O projeto é de autoria do escritório de arquitetura curitibano Estúdio 41, que contou com o apoio do escritório luso Afaconsult.

Concebido com 700 toneladas de aço, o complexo possui design aerodinâmico para resistir aos ventos de até 200 km/h que acometem a região. Além disso, sua base fora desenvolvida com palafitas, evitando que o acúmulo de neve entre em contato com a sua estrutura.

Seu programa compreende alojamento e dormitório, além de infraestrutura própria de energia, água, esgoto e telecomunicação. O prédio principal conta com 18 laboratórios, sete unidades isoladas, um heliporto e torres para geração de energia eólica.

A Estação Antártica Comandante Ferraz fora concebida com o software de Modelagem da Informação da Construção (BIM, em inglês).

Estação Antártica Comandante Ferraz

A antiga estrutura da Estação Antártica Comandante Ferraz fora acometida por um incêndio em 2012. Desta forma, a Marinha Brasileira por meio do Instituto de Arquitetos do Brasil (IAB) promoveu um concurso público para construir uma nova base no continente gelado. A competição recebeu 74 propostas.

Loading
novidades fechar
Receba o boletim da
Galeria da Arquitetura
veja um exemplo