Galeria da Arquitetura

Um jeito diferente de ver o mundo da arquitetura.

Paraty está mais próxima de se tornar Patrimônio Mundial da Humanidade

Paraty pode ser a primeira cidade considerada patrimônio mundial misto do Brasil (crédito: shutterstock.com / Klaus Balzano)

Texto: Pedro Miranda

21/09/2018|17:59 – A cidade de Paraty e a Ilha Grande receberam uma visita técnica de um órgão assessor da Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (Unesco) e deram mais um passo para serem classificadas como patrimônio mundial misto da humanidade.

Marcelo Brito, diretor de Cooperação e Fomento do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan), disse que a equipe da Missão de Avaliação de especialistas do Conselho Internacional de Monumentos e Sítios (Icomos), órgão assessor da Unesco, saiu satisfeita da visita, que se encerrou no dia 16 de setembro. 

A candidatura, aceita no início de março, é para concorrer ao título de patrimônio mundial como um sítio misto, ou seja, classificada como rica em bens culturais e naturais em um mesmo território. A decisão deverá ser divulgada em junho do ano que vem, durante a próxima reunião do Comitê do Patrimônio Mundial da Unesco, que será realizada no Azerbaijão. Caso confirmada, será o primeiro sítio misto brasileiro classificado patrimônio mundial da humanidade. 

O dossiê de candidatura inclui o centro histórico de Paraty e mais quatro áreas de preservação ambiental nos arredores: o Parque Nacional da Serra da Bocaina, a Reserva Biológica Estadual da Praia do Sul, a Reserva Ecológica Estadual da Juatinga e o Parque Estadual da Ilha Grande.

Loading
novidades fechar
Receba o boletim da
Galeria da Arquitetura
veja um exemplo