Galeria da Arquitetura

Um jeito diferente de ver o mundo da arquitetura.

Paulo Mendes da Rocha: cinco projetos que levam a assinatura do arquiteto

Paulo Mendes da Rocha

Paulo Mendes da Rocha foi o vencedor do Prêmio Pritzker em 2006 (Foto: Divulgação/UIA) 

Texto: Vinícius Veloso

24/05/2021 | 11:40 — Referência internacional, o arquiteto brasileiro Paulo Mendes da Rocha morreu na madrugada do último domingo (23), aos 92 anos, em São Paulo. Seus projetos e trabalhos transcenderam as fronteiras do país e lhe renderam respeito e a admiração mundial, consolidados na conquista de um Prêmio Pritzker em 2006 — foi o segundo brasileiro a receber a honraria máxima da arquitetura (antes dele, somente Oscar Niemeyer venceu o prêmio, em 1988). Entre diversas outras condecorações durante a carreira, ganhou o Leão de Ouro (2016) e, mais recentemente, a Medalha de Ouro da União Internacional de Arquitetos.

O legado do arquiteto estará eternizado nos projetos que levam sua assinatura. 

SESC 24 de Maio 

Projetado por Paulo Mendes da Rocha, em parceira com o escritório MMBB Arquitetos Associados, o SESC 24 de Maio está na região central de São Paulo e ocupa o antigo prédio da loja de departamentos Mesbla. O arquiteto sugeriu que a construção não fosse demolida, mas que passasse por uma reforma para se transformar no centro cultural, esportivo e de convivência — o que, de fato, aconteceu. O destaque da obra é a piscina de 500 m² no topo do edifício principal que oferece vista panorâmica da cidade. 

Veja mais sobre o projeto do SESC 24 de Maio

SESC 24 de Maio

SESC 24 de Maio (Foto: Nelson Kon

Praça do Patriarca 

Paulo Mendes da Rocha desenhou o monumental pórtico inaugurado em 2002 e que marca a reurbanização da Praça do Patriarca, na região central de São Paulo. O átrio metálico de 40 metros veio acompanhado de um piso de mosaico que delimita os limites da praça e torna o espaço, antes um terminal de ônibus, convidativo aos pedestres. A obra foi fundamental para tornar o local um dos principais pontos de encontro no centro velho da capital paulista. 

Veja mais sobre o projeto da Praça do Patriarca

Praça do Patriarca

Praça do Patriarca (Foto: Nelson Kon)

Pinacoteca de São Paulo 

Projetada pelo escritório de Ramos de Azevedo, no final do século XIX, a Pinacoteca de São Paulo foi amplamente reformada em 1998. A intervenção, que teve projeto de Paulo Mendes da Rocha, preservou a linguagem neoclássica da edificação, assim como sua atemporalidade. O museu é o mais antigo da cidade e tem em seu acervo obras de artes visuais produzidas no país desde a época da inauguração da Pinacoteca (1905) até os dias de hoje. 

Veja mais sobre o projeto da Pinacoteca de São Paulo

Pinacoteca de São Paulo

Pinacoteca de São Paulo (Foto: Nelson Kon)

Primeira loja da Aesop na América Latina 

Em parceria com o escritório METRO Arquitetos, Paulo Mendes da Rocha projetou a primeira loja da Aesop na América Latina, construída na cidade de São Paulo. O ambiente amplo possui elegância urbana funcional e elementos provenientes da cultura local. A arquitetura evitou, ao máximo, as compartimentações internas e abriu o espaço do interior da loja para a rua por meio de planos transparentes envidraçados. 

Veja mais sobre o projeto da Primeira loja da Aesop na América Latina

Loja Aesop

Loja Aesop (Foto: Leonardo Finotti)

Oca 

Popularmente conhecido como Oca, o Pavilhão de Exposições Lucas Nogueira Garcez foi projetado por Oscar Niemeyer para as comemorações do IV centenário da fundação da cidade de São Paulo. No ano 2000, a Fundação Bienal de São Paulo resolveu recuperar a edificação para que abrigasse a Exposição Brasil 500 Anos – Artes Visuais. Nesse processo, Paulo Mendes da Rocha foi convidado para orientar o estudo preliminar do projeto e o escritório MMBB Arquitetos desenvolveu o projeto executivo. 

Veja mais sobre o projeto da Oca.

Oca

Oca (Foto: 
Nelson Kon)
Loading

Receba gratuitamente os Boletins e
Informativos da Galeria da Arquitetura.

(55 11) 3879-7777

Fale conosco Anuncie
novidades fechar
Receba o boletim da
Galeria da Arquitetura
veja um exemplo