Galeria da Arquitetura

Um jeito diferente de ver o mundo da arquitetura.

Saiba como anda o mercado de trabalho em arquitetura e urbanismo

Hoje, a área de atuação em arquitetura e urbanismo é ampla, com abrangência do mercado de trabalho não só em construções, mas em gestão de projetos (obras diretas e empreendimentos) e design de interiores (decoração e até mesmo consultoria de interiores). Sem contar com as vagas em concursos públicos.

Ao lado do engenheiro, o arquiteto acompanha a construção e gerencia os custos e a mão de obra. Atua nas etapas finais da obra. Como urbanista, planeja o crescimento de cidades e bairros, também desenha objetos e elabora placas de sinalização e logotipos.




Arquitetura e urbanismo: mercado de trabalho

Para atuar como profissional de arquitetura, é preciso ser formado no curso e estar registrado no Conselho de Arquitetura e Urbanismo (CAU) da região em que atua. A média mensal de ganho salarial para quem acaba de começar na carreira é de R$ 3 mil a R$ 5 mil, para intermediário é de R$ 8 mil e para os mais experientes é de R$ 12 mil.

O mercado da construção, voltado para a população em ascensão econômica no Brasil, está crescendo. O potencial que esse segmento representa para a área de arquitetura e urbanismo pode ser explicado pelo notório déficit habitacional brasileiro. 

Os principais empregadores do arquiteto são empresas do setor público, responsáveis por obras de infraestrutura e urbanização, e construtoras e incorporadoras. A maior parte das vagas está no Sul e Sudeste. O mercado no litoral do Nordeste também cresce bastante com o incremento do turismo.

 

Como é o mercado para o recém-formado?

Algumas empresas oferecem a possibilidade do estágio e, futuramente, a efetivação do estagiário após o período de conclusão.


Quais são as áreas para se atuar?

Arquitetura industrialplaneja projetos para instalação de indústrias, respeitando as normas de segurança.

Arquitetura de interioresorganiza o espaço interno, define os materiais de acabamento e a distribuição de móveis.

Arquitetura verde: desenvolve projetos residenciais e comerciais que respeitem o meio ambiente e que se integrem às características naturais do local.

Comunicação visual: cria a identidade visual de empresas e produtos, com logotipos e material impresso ou digital.

Paisagismo e ambiente: desenvolve espaços abertos, como jardins, parques e praças.

Edificação e construção: projeta e coordena obras, definindo materiais e controlando prazos e custos.

Luminotécnica: faz o projeto de iluminação de grandes e pequenos espaços. Realiza a iluminação de eventos.

Restauro de edifícios: recupera casas e prédios antigos ou deteriorados, mantendo as características originais.

Urbanismo: planeja uma região, cidade ou bairro, criando o plano diretor e o zoneamento.

Deu para perceber que o mercado de trabalho de Arquitetura e Urbanismo possui diversidades e várias áreas. Já escolheu a sua?


Crédito / Fonte da foto: Guia do Estudante , Arktetonix e Carme Hil
Fonte do post: Guia do Estudante - Por dentro das profissões, Guia do Estudante - Artes e Design, Guia do Estudante - Por dentro das profissões

Loading
novidades fechar
Receba o boletim da
Galeria da Arquitetura
veja um exemplo