Audiência pública debaterá a criação de áreas verdes em São Paulo

Encontro foi aprovado em reunião extraordinária da Comissão de Constituição, Justiça e Legislação Participativa da Câmara Municipal de São Paulo
0 Compartilhamentos
0
0
0

Horizonte da cidade de São Paulo com prédios e árvores

A reunião contará com representantes de diferentes secretarias da Prefeitura e da sociedade (Foto: ESB Professional/Shutterstock)

Texto: Vinícius Veloso

10/03/2022 | 13:50 — A Comissão de Constituição, Justiça e Legislação Participativa da Câmara Municipal de São Paulo (CCJ) reuniu-se de maneira extraordinária, na última quarta-feira (9), para analisar algumas propostas apresentadas pelos parlamentares. Entre as pautas apreciadas estava o requerimento do vereador Toninho Vespoli (PSOL), que pedia a realização de audiência pública para debater a criação de áreas verdes e parques na cidade. A solicitação foi aceita e a reunião contará com representantes de diferentes secretarias da Prefeitura e da sociedade.

De acordo com Vespoli, a ampliação na quantidade desses espaços exercerá função importante para a qualidade socioambiental. “Com vantagens para a saúde pública, lazer e na melhoria da qualidade do ar, além de benefícios climáticos, na convivência em comunidade e no desenvolvimento de corredores verdes e ecobairros”, enumera. Segundo dados da Rede Nossa São Paulo, em 2017, a capital paulista tinha 16,6 m² de área verde por habitante. A Organização Mundial da Saúde (OMS) recomenda que esse indicador seja superior a 12 m².

Em seu texto, Vespoli aponta os parques da Mooca, da Fonte, dos Búfalos e da Vila Ema como bons exemplos de áreas verdes que poderiam ser replicadas em outras regiões da cidade.

Para a vereadora Sandra Santana (PSDB), presidente da CCJ, é relevante que o colegiado aborde temas voltados ao meio ambiente. “Esse tópico do espaço aos parques integra o Plano de Metas da cidade de São Paulo e configura uma preocupação não só do Executivo, mas também do Legislativo”, afirma a parlamentar, destacando a importância do debate.

(Com informações da Câmara Municipal de São Paulo)

0 Compartilhamentos
Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *