Museu Guggenheim de Bilbao, na Espanha, completa 25 anos

A obra de Frank Gehry impulsionou uma significativa transformação urbana quando foi criada e até hoje continua inspirando construções de peças arquitetônicas icônicas pelo mundo
0 Compartilhamentos
0
0
0

O Museu Guggenheim está localizado à beira do rio Nervión, na cidade basca de Bilbao (Foto: Antonio Gabola/Reprodução)

Texto: Naíza Ximenes

25/10/2022 | 17:02 — O Museu Guggenheim de Bilbao, na Espanha, está celebrando seu 25º aniversário em outubro de 2022. A obra, de Frank Gehry, à beira do rio Nervión, no País Basco, impressionou a população durante a inauguração — tanto pela sua grandiosidade quanto pelo impacto positivo na economia da cidade.

A pequena cidade com edifícios tradicionais bascos se transformou em um ícone global com a inauguração da obra, atraindo, até hoje, 1,2 milhão de visitantes por ano. Tamanha repercussão, os efeitos da construção criaram o chamado “Efeito Bilbao”.

Vinte e cinco anos depois, o Efeito Bilbao permanece desafiando a transformação urbana, inspirando a construção de peças arquitetônicas icônicas que elevam o status das cidades e atraindo visitantes e investidores.

Fruto da iniciativa de transformação da cidade industrial à beira-mar — que era vista como uma área industrial negligenciada e um reduto da organização separatista basca ETA —, o Museu Guggenheim iniciou uma explosão de projetos arquitetônicos para modernizar a cidade, como a criação de uma nova linha inteira de metrô, por Norman Foster; novos prédios universitários e terminais de aeroporto, por Álvaro Siza; pontes para pedestres, de Santiago Calatrava; e uma série de hotéis, lojas e restaurantes, que investiram na remodelação.

Mas a inovação não se limitou à cidade espanhola. Impressionados com o potencial criativo e os impactos da iniciativa no local, várias cidades do mundo viraram adeptas do Efeito Bilbao. Londres, por exemplo, criou o London Eye, de Marks Barfield Architects, logo em 2000, que se tornou uma das atrações turísticas mais populares da cidade.

Milwaukee, em Wisconsin (EUA), foi outra. As obras de Santiago Calatrava na cidade fizeram com que o prefeito declarasse que o dia 16 de setembro passaria a ser, então, o “Dia de Santiago Calatrava”, em homenagem à abertura do Pavilhão Quadracci, em 2002.

Completando 25 anos, o Museu, além de tudo, ainda representa uma inovação do processo arquitetônico. Revestido de titânio, com curvas e ângulos e, ao introduzir a tecnologia digital CATIA, o edifício revitalizou a forma de projetar a arquitetura no início dos anos 2000.

0 Compartilhamentos
Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


The reCAPTCHA verification period has expired. Please reload the page.