Bienal Colombiana de Arquitetura e Urbanismo anuncia vencedores de 2022

A premiação, que selecionou as obras e projetos mais significativos em diferentes campos da arquitetura, possuía nove categorias
0 Compartilhamentos
0
0
0

Para participar, os projetos devem ter sido executados e concluídos dentro do território nacional durante o período que compreende os 5 anos anteriores à convocação (Foto: Juan Salamanca Balen/Reprodução)

Texto: Naíza Ximenes

25/11/2022 | 16:59 — A XXVIII Bienal Colombiana de Arquitetura e Urbanismo (BCAU 2022) anunciou os vencedores da edição de 2022. Com nove categorias, a premiação seleciona, a cada dois anos, as obras e projetos mais significativos, que envolvem os diferentes campos da arquitetura, para homenageá-los. 

Para participar, os projetos devem ter sido executados e concluídos dentro do território nacional durante o período que compreende os 5 anos anteriores à convocação — neste ano, de janeiro de 2017 a fevereiro de 2022. As nove categorias são: 

Projeto Arquitetônico; 

Arquitetura de Interiores e Efêmera; 

Projeto Urbano e Paisagismo; 

Divulgação; 

Habitat Social; 

Intervenção no Patrimônio;

Pesquisa, Teoria e Crítica; 

Planejamento Urbano e Regional; e 

Habitação Unifamiliar, Bifamiliar e Trifamiliar.

Projeto Arquitetônico – Prêmio “Fernando Martínez Sanabria”

Centro Étnico Educacional Walirumana, projetado por Salba

Edifício de Pesquisa e Laboratórios de Engenharia da Pontifícia Universidade Javeriana, projetado por Juan Pablo Ortiz Arquitectos e TALLER Arquitectos

Menções:

Centro de Desenvolvimento Infantil Cuna de Campeones, projetado por Espacio Colectivo arquitectos

Edifício de salas Bloco D, Universidade Industrial de Santander, projetado por Taller de Arquitectura de Bogotá — Daniel Bonilla

Tropicário do Jardim Botânico de Bogotá/DARP, projetado por De Arquitectura y Paisaje

Habitat Social: Prêmio “Germán Samper Gnecco”

7 Pátios, projetado por Lucas Oberlaender e Ferney Ruiz

América do Sul, arquiteto Sebastián Serna Hosie

Arquitetura de Interiores e Efêmera: Prêmio “Dicken Castro Duque”

CTIC-Centro de tratamento e pesquisa sobre câncer Luis Carlos Sarmiento Ângulo, projetado por De La Hoz Arquitectura (Rafael De La Hoz Castanys, Hugo Berenguer, Jacobo Ordás)

Restaurante Leo, projetado por Refugio Arquitectura (Julián David Molina Rico)

Menção:

Compensar Centro Mayor, projetado por Taller de Arquitectura de Bogotá – Daniel Bonilla


Intervenção no Patrimônio: Prêmio “Carlos Arbeláez Camacho”

Restauro Integral Teatro Santa Marta, projetado por Elena Catia Hernández De Lavalle, Max Ojeda Gómez

Menções:

Casa Vista Uchata, projetado por Andres Rubio Tellez

Edifício de Belas Artes da Universidade Nacional da Colômbia Sede Bogotá, projetado por Hugo Alberto Corradine Angulo

Teatrino Universidade do Rosario, projetado por David Delgado Arquitectos SAS

Projeto Urbano e Paisagismo: Prêmio “Karl Brunner”

O Trópico e a Paisagem Construída, projetado por AEU arquitectos

Parque Prado Centro, projetado por Edgar I. Mazo

Menção:

Caminho de pedestres recreativo e esportivo Ziruma, projetado por Alejandro Arizmendi

Habitação unifamiliar, bifamiliar e trifamiliar: Prêmio “Ricardo González Ripoll”

Casa Dintel, projetado por Palafito Arquitectura (Santiago Pradilla e Laura Vispe Montilla)

Menções:

Casa Haras, projetado por Llano Arquitectos

Casa Kruppa, projetado por Juan Pablo Ramos Gaviria e Catalina Patiño Lugo

Divulgação: Prêmio “David Eduardo Serna”

O Socorro, a cor da liberdade, projetado por Sandra Cecilia Mesa García, Sergio Hernán Cáceres Cáceres, Otto Federico Cala Ardila, Henry Andres Gualdrón, Santiago Amador, María Fernanda García, Julieta Espinel, Diana Bautista

Pesquisa, Teoria e Crítica: Prêmio “Carlos Martínez Jiménez”

Habitat para a paz/Comunidad Noble y de Paz Marco Aurelio Buendía PPU Alimento, Vida y Hábitat, projetado por Pontifícia Universidade Javeriana

A Cidade O-Culta: A marginalidade urbana como desafio no planejamento territorial da cidade de Popayán, Colômbia, projetado por Sory Alexander Morales Fernández

Planejamento Urbano e Regional: Prêmio “Leopoldo Rother”

Plano de Gestão e Intervenção para o Projeto Estratégico Centro Histórico de Medellín, projetado por Juan Manuel Patiño Marín, Natalia Mejía Rico, Andrés Velásquez Cardona, Isabel Correa Angel

0 Compartilhamentos
Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


The reCAPTCHA verification period has expired. Please reload the page.