Engenheira cria tijolo sustentável a partir de resíduos de construção

O K-Briq gera menos de um décimo das emissões de carbono ao ser fabricado, em comparação a um tijolo comum
0 Compartilhamentos
0
0
0

Foto

O K-Briq foi criado pela engenheira Gabriela Medero (Foto: Divulgação)

Texto: Naíza Ximenes

03/03/2023 | 17:10 — Com redução significativa no impacto ambiental na indústria da construção, a engenheira brasileira Gabriela Medero apresenta sua mais nova criação: o tijolo sustentável, batizado de K-Briq, que gera menos de décimo das emissões de carbono em sua fabricação quando comparado ao tijolo comum.

Ela conta que, além de dispensar a queima da argila, 90% de sua composição é feita com resíduos de construção — uma iniciativa que pode ser determinante no combate à poluição gerada pelo setor da construção civil, que é responsável por 38% das emissões de dióxido de carbono (CO₂), segundo relatório do Programa das Nações Unidas para o Meio Ambiente em 2020.

Segundo a engenheira, foram mais de dez anos dedicados à pesquisa na área de materiais de construção para que Medero — que também é professora de engenharia na Universidade Heriot-Watt, em Edimburgo — desenvolvesse o produto. 

Ela conta, ainda, que o K-Briq oferece melhores propriedades de isolamento em comparação ao tijolo de barro, e que ele pode ser produzido em qualquer cor.

Em parceria com seu colega Sam Chapman, que também é engenheiro, Gabriela Medero fundou a startup Kenoteq – por meio dela, o tijolo sustentável poderá ser comercializado. Para completar, a empresa recebeu um fundo de investimento da Zero Waste Scotland, desenvolvido para estimular iniciativas de economia circular na Europa.

Além de economizar energia no processo de fabricação, a empresa ainda produz o produto localmente, em um centro de reciclagem em Edimburgo, diminuindo a necessidade de transporte durante o seu processo.

0 Compartilhamentos
Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


The reCAPTCHA verification period has expired. Please reload the page.